Prefeitura abre planilha da Pirajuçara para movimento Vem Pra Rua Taboão

Por Sandra Pereira | 1/07/2013

A planilha sintética de custos da Viação Pirajuçara revela que a empresa gastou R$ 15.406.907,81 na manutenção das linhas circulares existentes em Taboão da Serra. O documento datado de fevereiro foi aberto após reivindicação dos jovens que integram o movimento Vem pra rua Taboão, durante reunião na sexta-feira, 28, com o prefeito Fernando Fernandes. Nas redes sociais os líderes do movimento comemoraram a liberação da planilha como sendo uma vitória concreta. 

Durante o encontro o prefeito também falou que está em andamento uma auditoria para levantar o número de passageiros que utilizam o transporte público na cidade e confrontar os dados com os apresentados pela Pirajuçara. O prefeito disse que fiscalização tem ocorrido nas catracas em vários pontos da cidade e defendeu que a realização das vistorias deve ser em pontos diferentes. 

Na conversa com os líderes do movimento o prefeito se comprometeu a abrir a planilha. Disse que não tem nenhum tipo de compromisso para manter a Pirajuçara em Taboão. Falou que a licitação do transporte prevista para 2015 vai fazer exigências para garantir a melhoria da qualidade do transporte público na cidade e revelou que responde a dois processos movidos pela empresa por ter criado em governo anterior o transporte complementar extinto no final do governo do ex-prefeito Evilásio Farias. 

Apesar de permitir o conhecimento dos custos da empresa a planilha não oferece uma visão completa do serviço uma vez que não traz a arrecadação da empresa e nem informações sobre a quantidade de passageiros que utilizam as linhas circulares. 

Comentários