Taboão da Serra ultrapassa o número de 100 casos confirmados de coronavírus

Por Gabriela Pereira - Especial para o Jornal na Net | 17/04/2020

A prefeitura de Taboão da Serra confirmou que a cidade tem nesta sexta-feira, dia 17, 101 moradores infectados pelo novo coronavírus, 6 a mais do que o registrado na quinta-feira, 16, que teve 95 confirmações. A cidade, que já registra 9 mortes por Covid-19, é a primeira da região a ultrapassar os 100 casos positivos.

Ainda de acordo com a prefeitura, até a agora, houve 429 notificações suspeitas, sendo que deste número, 189 moradores aguardam o resultado do exame e 129 já tiveram as suspeitas descartadas.

Das nove mortes, oito foram eram homens e duas apenas mulheres. Seis vítimas tinham acima de 60 anos. Três dos pacientes estavam internados em hospitais particulares e seis na rede pública, tendo o último morador falecido Hospital das Clínicas (HC).  

Medidas de combate

Para tentar barrar o avanço da doença no munícipio, o prefeito Fernando Fernandes adotou algumas medidas. Na cidade, está decretado estado de calamidade pública e os comércios não essenciais estão proibidos de abrir por tempo indeterminado. As aulas da rede pública municipal também estão suspensas.

As ruas mais movimentadas e os locais próximos a hospitais e UBSs da cidade estão passando por higienização, com lavagem utilizando uma solução desinfectante de hipoclorito de sódio.  A prefeitura também já iniciou a confecção e distribuição de máscaras para doar à população carente da cidade.

No município, também foi inaugurado o Hospital da Campanha, onde são tratados os pacientes leves e intermediários de Covid-19. São 57 leitos de baixa e média complexidade e 4 de emergência, que serão utilizados para pacientes que tiverem piora no quadro clínico e tiverem que ser transferidos para UTIs.

Neste sábado, 11, o prefeito Fernando Fernandes também informou que a Secretaria de Saúde usará a cloroquina no tratamento de pacientes diagnosticados com Covid-19 em Taboão da Serra. O medicamento, ainda de acordo com Fernandes, só será aplicado sob prescrição médica e com a autorização da família.

 

 

Comentários