Indignados, moradores de Embu e Taboão alegam receber água suja da Sabesp

Por Gabriela Pereira - Especial para o Jornal na Net | 13/02/2019

Moradores de Embu das Artes e Taboão têm enfrentado um grande problema com o fornecimento hídrico. Segundo alegam, a água da torneira tem saído com coloração amarelada, como se estivesse suja de barro. A situação também tem atingido outras regiões de São Paulo.

Duas moradores do Jardim Margarida, em Taboão, informaram que há pelo menos 15 dias o problema acontece em suas casas. Uma delas chegou a ficar doente, com dores na barriga e enjoo, e teve suas roupas manchadas.

Ainda conforme informou, um funcionário da empresa foi até casa, mas não constatou o problema. "Veio um técnico em casa e falou que a água está apta pra uso. Isso só se for para a familia dele", disse indignada.

Outra munícipe do Jardim Silvia, em Embu, também relatou o problema. Em sua casa, no entanto, a água suja está sendo fornecida há três dias. Ela diz que é "paciente renal" e tem que tomar "pelo menos 2 litros de água por dia".

"O gasto é grande tendo que comprar algo que pagamos tão caro para ter", afirmou uma delas. Segundo alegaram, os moradores estão tendo que comprar água com dinheiro do próprio bolso para consumo.

A reportagem também recebeu de uma das munícipes prints de pessoas reclamando em diversas regiões de São Paulo.

"Achei que era problema no meu encanamento, mas depois de 3 dias com a água saindo amarela da minha torneira, resolvi postar nos grupos. Fiquei chocada ao descobrir que vários bairros da minha cidade, de Taboão da Serra, Campo Limpo e até Paraisópolis estavam passando por isso também [...] recebi mais de 200 comentários", disse.

"Aqui no bairro Potuverá, não está diferente. A água está horrível, com cheiro ruim e gosto péssimo, sem falar que mancha todas as roupas por conta da cor. Não sei se é barro ou ferrugem. Alguém tem que fazer alguma coisa. Já pedi análise porque todos aqui em casa tivemos diarréia, mas ficou constadado que a água está perfeita para o consumo. Então, o que é isso?", disse uma moça nos comentários.

"Na minha casa também está assim, a torneira que sai água da rua está super suja. Moro no Capão Redondo", disse outra. "Aqui no Jardim Arpoador/SP, também está assim. E a Sabesp nada, nenhuma justificativa", se indignou outro.

A publicação ainda segue com diversas reclamações. "Jardim Macedônia também está assim. Tenho sentido dores no estômago e acho que é por causa da água", apontou uma moradora.

Procurada, a Sabesp não se manifestou até a publicação desta reportagem.

Comentários