Cadeirantes andam no meio da rua devido a calçada esburacada em Taboão da Serra

Por Anderson Dias | 9/01/2017

A rua Salvador Branco de Andrade, em Taboão da Serra, além de ser bem famosa pelos inúmeros assaltos que ocorrem diariamente, ainda apresenta outros problemas como por exemplo, calçada sem as mínimas condições de trafego.

Cadeirantes são obrigados a andar em meio a rua por conta da calçada com mato e esburacada, o que dificulta a locomoção de cadeiras de rodas, e a passagem de outros pedestres por exemplo, em dias de chuva.

Essa mesma calçada fica cheia de possas d´agua quando chove e também com barro, um outro fator que obriga a população a caminhar pela rua. Os moradores do bairro disseram já ter reclamado com os responsáveis, porém, não obtiveram retorno. 

Comentários