Pronto-socorro do Antena continua a ser criticado pelo descaso a população em Taboão

Por Anderson Dias | 23/12/2014

A população de Taboão da Serra, reclama do descaso no atendimento à saúde no município. Pacientes que precisaram ser atendidos no último fim de semana, no pronto-socorro e maternidade Antena, no Jardim Record alegam que, são mal atendidos pelos funcionários, faltam profissionais no local, não há sala de espera adequada para acompanhantes que são obrigados a ficar em pé, e de que os próprios funcionários afirmam ter apenas uma ambulância em funcionamento.

Há muitos anos esse pronto-socorro é alvo das mais severas críticas em Taboão, os problemas sempre foram pauta nas discussões dos munícipes, que o consideram o de pior atendimento na cidade. A população afirma que nem mesmo a mudança na gestão da direção, é capaz de mudar os procedimentos do atendimento do passado, que continuam o mesmo e com uma superlotação a cada dia. “Eu cheguei aqui ontem às 9 da noite [sábado 20/12], e estou aqui até agora [domingo 21/12], sem lugar para sentar, com frio e um descaso total”, disse Rubia Campos.

São muitos os casos levantados por quem precisa passar pelo Antena, somente este ano 2 casos ganharam a mídia na região. Em meados de setembro um rapaz afirmou que a esposa de 25 anos, foi morta após parto seguido de laqueadura, o que é proibido de ser realizado na sequência. Outra jovem garantiu que perdeu o bebê na mesma maternidade, em decorrência do atendimento.

A TV Globo esteve aqui em outubro, e apresentou no jornal Bom Dia Brasil, reportagem sobre o descaso na saúde, a matéria gerou enorme repercussão. Todos os dias uma nova denúncia surge por todos os lados, os relatos apontam que a falta de medicamentos e especialidades são as maiores reclamações da população. 

Comentários