Eleitores de Embu das Artes serão identificados pela biometria nas eleições deste ano

Por Direto da Redação do Jornal na Net | 3/09/2014

A praticamente um mês para as eleições deste ano os eleitores de Embu das Artes será a única cidade da região que em outubro onde serão identificados pela biometria. O eleitor que não se recadastrou e está automaticamente com o título cancelado,  não poderá votar nas eleições. Ele precisará esperar a abertura do cadastro eleitoral, após as eleições, para regularizar a sua situação em um cartório eleitoral. 

De acordo com o Tribunal Regional Eleitoral, não há multa nesse caso, entretanto um eleitor com o título cancelado possui uma série de privações legais, tais como: obtenção de passaporte e RG, matrícula em estabelecimentos oficiais de ensino, posse em cargo público e obtenção de empréstimos em estabelecimentos com participação do governo (Art.7º da Lei 4.737/65).      

O recadastramento biometria foi obrigatório em Embu das Artes e foi realizado no prazo de agosto de 2013 a março de 2014, dos 178 mil eleitores   149.663 eleitores estão aptos para votação que escolherá o próximo presidente, governador, senador e deputados federais e estaduais, os mais de 28 mil estão irregulares perante a Justiça Eleitoral. 

Embu das Artes foi a primeira escolhida pelo Tribunal Regional Eleitoral, devido o sucesso do plebiscito realizado em maio de 2011 onde os eleitores optaram pela troca oficialização do nome Embu das Artes. 

A tecnologia da biometria permite identificar uma pessoa por meio de características biológicas (anatômicas e fisiológicas) exclusivas, como impressão digital, voz, formato do rosto e da mão, entre outras. Com essa nova identificação vai inibir a tentativa de se passar por outra pessoa para votar, além de outras questões. 

Comentários