Cats vence o São Caetano e se classifica com uma rodada de antecedência na Copinha

Por Sandra Pereira | 7/01/2014

O Clube Atlético Taboão da Serra (Cats) venceu a equipe do São Caetano por 3x2 num jogo bastante disputado na primeira rodada da Copa São Paulo de Futebol nesta terça-feira, 7. Jogando em casa e com o apoio da torcida o Cats saiu na frente abrindo o placar para o delírio da torcida que lotou a arquibancada do estádio José Feres. O Cats volta ao campo na sexta-feira, 10, a partir das 16 horas, contra a equipe do Grêmio. No sábado, 04, o Cats derrotou por 5x1 o Luverdense. O time de Taboão da Serra se classificou para a próxima fase com uma rodada de antecedência após o  o empate na sequência da rodada de 1x1 entre os times do Grêmio e Luverdense, no grupo Q. 

Os torcedores comemoraram efusivamente os três gols do time e sofreram junto com os jogadores os instantes finais da partida, quando o time do São Caetano apertou o cerco na tentativa de empatar o jogo. 

Durante todo o primeiro tempo o Cats dominou a posse da bola. Já no segundo tempo foi o São Caetano que dominou a posse de bola e manteve os jogadores do Cats ocupados. No primeiro tempo da partida, na prevalência do time local, veio o primeiro gol e o segundo. O primeiro gol do São Caetano veio numa cobrança de pênalti e o segundo numa tentativa de reação para mudar o placar.

A torcida do Cats ajudou o clube incentivando os atletas. O time respondeu e o jogador Gustavo marcou dois gols amplamente comemorados. O jovem de 19 anos é o artilheiro da competição com 5 gols em dois jogos.  Otimista e sem conseguir esconder as lágrimas ele disse que o time estava centrado no objetivo de vencer a partida e que agora todos os esforços estão concentrados na vitória dos jogos. 

O resultado positivo do time de Taboão da Serra não foi suficiente para aplacar a fúria dos torcedores mais empolgados contra o árbitro da partida, que segundo eles teria prejudicado o time da cidade, por prorrogar o final do jogo 7 minutos, expulsar um jogador e até mesmo pela marcação do pênalti que favoreceu o São Caetano. 

O presidente do Cats, Anderson Nóbrega disse que este ano o time está muito bem preparado. Ele parabenizou o técnico Fábio Cunha e os atletas e disparou críticas severas contra a arbitragem da partida. Anderson Nóbrega salientou que agora a meta é brigar pela  vitória sobre a equipe do Grêmio na próxima sexta é fundamental. 

“Acredito que se não houver interferência como a do arbitro na partida de hoje o Cats vai se classificar para as finais. Este ano tivemos apoio total da administração. A nossa cidade não pode mais ficar sem evento. A equipe do São Caetano e forte mas os nossos atletas mostraram que a união entre garra e trabalho surte bom resultado”, afirmou Nóbrega.

 Os torcedores que foram assistir ao jogo do Cats nesta terça precisaram de paciência para estacionar seus veículos na região do estádio. Os flanelinhas aproveitaram a oportunidade para faturar. Alguns chegaram a cobrar até R$ 50,00 por uma vaga, muitas vezes sendo locais proibidos de parada e sujeitos a infração grave, como: saídas de garagem e guias rebaixadas.

Agentes de trânsito da cidade, juntamente com o setor de trânsito da GCM, ajudaram a organizar o tráfego no entorno do estádio. A PM realizou patrulhamento preventivo pelas imediações do local.

Próximos jogos da terceira rodada do Grupo Q:

Sexta-feira (10) – 14h00 - São Caetano/SP x Luverdense/MT

Sexta-feira (10) – 16h00 - Taboão da Serra/SP  x Grêmio/RS 

Comentários