Passageiros da EMTU reivindicam por melhorias em Itapecerica

Por | 9/03/2012

As dificuldades enfrentadas pelos usuários dos ônibus da EMTU foram apontadas na Audiência Pública realizada com representantes da empresa, na última quarta-feira, (7) na Câmara Municipal de Itapecerica da Serra.

Demora (tempo) de um coletivo para outro, alta velocidade, superlotação de passageiros, maneira que os passageiros são tratados e a falta de atendimento aos deficientes foram os principais assuntos tratados pelas cerca de 200 pessoas que, além disso, pediram melhorias no transporte e mais respeito por parte dos funcionários das linhas.

“O tempo que o ônibus demora a passar no ponto, atrasa os compromissos dos moradores. Já perdi consultas e até o horário no trabalho. A velocidade com que trafegam assusta e os deficientes também sofrem, muitas vezes, as rampas e elevadores não estão funcionando”, apontou uma passageira.

A audiência que serviu também para a Empresa Metropolitana de Transportes Urbanos - EMTU/SP apresentar Ações de Responsabilidade Social da empresa e os presentes conheceram ainda, programas e serviços relacionados ao assunto como o SEC - Serviço Especial Conveniado - Ligado e o CAPEs - Centro de Atendimento ao Passageiro Especial, trouxe informações importantes para a cidade.

Joaquim Lopes, presidente da EMTU afirmou que o Terminal do Jardim Jacira será revitalizado e que a cidade receberá nove pontos adaptados, só o bairro Crispim ganhou três. Lopes disse que a empresa tem com a cidade quatro contratos de concessão. E afirmou que a prioridade é investir em Itapecerica, com o convênio Pro Pólos.

E o prefeito Jorge Costa afirmou estar feliz por receber a EMTU na cidade, coisa que nunca aconteceu, afirmou. “O transporte público melhorou muito nos últimos anos, ainda temos o que acertar, mas temos avançado”, disse Costa na abertura do evento.

O presidente da EMTU/SP, Joaquim Lopes, e o diretor de Gestão Operacional, Evandro Losacco, escutaram a população e levaram reivindicações da cidade. O vereador e presidente da casa, Amarildo Gonçalves, o Chuvisco, afirmou que é importante conhecer o que a população quer e o que a empresa tem a oferecer. “Temos conversado com a EMTU para melhorar o serviço prestado e deixar a população satisfeita, o que é o nosso grande objetivo”, pontuou.

Chuvisco ainda entregou documentos com reivindicações ao presidente da EMTU, assim como os vereadores Clóvis Pinto, Regina Corsini e Jonas Feijó.

Conheça o Ligado, CAPEs e Pró-Pólos

O "Ligado" é um transporte diferenciado (porta a porta) e gratuito, realizado por vans ou micro-ônibus, adaptados ou não, que atende crianças com deficiência física ou mobilidade reduzida. Pode ser implantado por meio de convênio entre a EMTU/SP e órgãos municipais, estaduais, federais e outras instituições.

O CAPEs é a unidade de atendimento em que o Passageiro Especial emite o Cartão BOM Especial para o benefício da isenção tarifária nas linhas de ônibus  metropolitanas gerenciadas pela EMTU/SP.

O Pró-Pólos (Programa de Revitalização dos Pólos Municipais de Articulação Metropolitana) tem como principais objetivos: proporcionar a melhoria da acessibilidade, promovendo e facilitando a integração dos diferentes modos de transporte, garantir condições adequadas de circulação e segurança aos cidadãos e, por fim, modernizar o modelo de atendimento do transporte público nas cidades metropolitanas.

Com informações da Assessoria de Imprensa da Prefeitura Municipal

Comentários