Taboão e Itapecerica têm redução de homicídios

Por Ana Paula Timóteo | 27/12/2011

A Secretaria de Segurança Pública do Estado de São Paulo divulgou os dados anuais de ocorrência, que compreende de janeiro a novembro de 2011. Os índices apresentam os números de casos de homicídios, roubos, latrocínios e roubos a carros em Taboão da Serra, Embu das Artes e Itapecerica da Serra. 

Em Taboão da Serra foram registrados 17 homicídios, uma diminuição de 26% em relação ao ano anterior onde 23 pessoas foram mortas. No município de Embu das Artes o número de assassinatos cresceram em 25%, passaram de 36 para 45 mortes, em Itapecerica da Serra foram 19 mortes, 34% a menos em relação ao mesmo período no ano passado que registraram 29 assassinatos. A base de dados tem como comparação o número de casos, que pode ser ou não igual ao de vítimas, uma ocorrência pode ter mais de uma morte. 

Houve a diminuição de 14% no número de roubos em Embu das Artes, um total de 1.126 em relação ao ano de 2010, com 2.176 ocorrências. Em Taboão da Serra ocorreu de aumento de 4%, de 2.176 a 2.268 roubos em 2011. Em Itapecerica da Serra o índice foi de 881, um acréscimo de 19% em relação ao ano anterior, cujo índice foi de 710 casos. 

Os roubos a carros aumentaram em 16% em Embu das Artes. Em 2010 o número era de 397 e nesse ano chegou a 463 casos. Taboão da Serra registrou 925 roubos, um crescimento de 45%, no mesmo período de 2010 foram 638 casos. O município de Itapecerica da Serra teve a diminuição de 20 %, totalizando 290 roubos, contra 390 no ano anterior. 

Para os casos de latrocínio, que é o roubo seguido de morte, foram registrados duas mortes na cidade embuense, uma em Taboão da Serra e três em Itapecerica da Serra.

Com informações de Adilson Oliveira.

Comentários