Formação de educadores é reforçada em Taboão

Por | 13/04/2011

O lançamento do programa de formação continuada dos profissionais que atuam na rede municipal denominado de redes, saberes e identidade foi realizado nesta terça-feira, dia 12 de abril, no Cemur. Com a presença do Prefeito Evilásio Farias, vice-prefeita, Márcia Regina e secretário de educação, ciência e tecnologia, José Marcos dos Santos, os profissionais conquistaram um direito importante na área.

Com o lançamento a meta da SEDUC (Secretaria de Educação, Ciência e Tecnologia) é garantir a qualificação permanente dos professores, e, dessa forma assegurar que eles mantenham o nível elevado das aulas na rede municipal. A qualificação parte do princípio de que é preciso manter-se atualizado para garantir a boa prática profissional.

Para o prefeito, Evilásio Farias, a formação continuada vem de encontro com o desejo dos educadores que querem férias e descanso em julho, no mês de férias. “Vocês [profissionais da educação] recebem meu agradecimento e reconhecimento. O meu governo priorizou educação que é a partida para um país desenvolvido, se temos o país subdesenvolvido à educação não foi priorizada. O trabalho e o empenho dos educadores de Taboão fizeram o diferencial em Taboão, porque não temos inveja da rede particular da cidade, porque a municipal [pública] não fica pra trás da particular”, disse.

Evilásio citou durante sua explanação sobre todos os investimentos e conquistas no seu mandato. Observou que a cidade já ficou 12 anos sem inaugurar uma escola, e nesses seis anos, 18 novas creches foram criadas. “As parcerias com entidades religiosas, Igreja Católica e Igrejas Evangélicas, que proporcionaram a “criação” de 18 novas creches e cinco mil vagas de 0 a 3 anos, 70% das crianças estão na creche, a média do Brasil é de 18% das crianças com vagas nas creches. Com essas vagas, 500 empregos foram garantidos”. O esporte e também a cultura foram citados durante sua fala.

Segundo o secretário de educação, ciência e tecnologia, José Marcos, a decisão de formação continuada o ano todo, foi tomada para abolir a formação no meio do semestre. “Agora será o ano todo e no final do ano teremos mais uma prova Brasil”, disse.

A educação em Taboão da Serra já recebeu prêmios de organismos internacionais e frequentemente é destaque na grande imprensa. A cidade também é uma referência na entrega dos kits de uniforme e material escolar na rede pública.

De acordo com a secretaria Municipal de Educação a "Formação Continuada" é um tema de grande complexidade e relevância para a área educacional.

“O Departamento de Educação da secretaria, sistematizou algumas reflexões sobre a pertinência de cursos, oficinas, seminários e palestras  para o desenvolvimento profissional dos educadores, explorando-se, também, o conceito de formação e a real importância da dimensão  étnico,  cultural e ambiental, num processo formativo que seja crítico, emancipatório e reflexivo”, explica a diretora Janice de Souza.

A formação continuada contará com a participação de  profissionais da própria Rede e especialistas convidados das diversas áreas do conhecimento. Essa realidade remete a reconhecer a necessidade de retomar  as práticas e as teorias que possam contribuir para um melhor desenvolvimento profissional.

No final do lançamento os educadores assistiram a primeira aula inaugural, onde também foi realizado a apresentação das disciplinas que serão ministradas na formação continuada.

 

Comentários