Tempestade complica trânsito na região

Por | 12/04/2011

Mais uma vez as cidades da região foram atingidas por tempestade nesta terça-feira, dia 12, por volta das 18h, permanecendo forte até 20h. Após esse horário, uma chuva moderada virou a noite de terça para quarta-feira. Motoristas precisaram ter muita cautela e paciência para voltar para casa.

O trafego de veículos em Taboão e Embu estava como de costume, carregado, mas sem maiores transtornos aos motoristas. Já em Itapecerica o trânsito estava complicado, os motoristas enfrentaram dificuldade para sair da cidade devido ao ponto de alagamento na divisa de Itapecerica com Embu, no Pinheirinho.

Carros enfileirados, lama e impaciência dos motoristas marcaram a volta pra casa do morador de Itapecerica da Serra, ou cidades vizinhas. Alguns motoristas arriscaram enfrentar o alagamento, outros aguardaram ou acharam a alternativa de saída da cidade, por cima do viaduto. O que causou lentidão para quem entrava na cidade, o trânsito lento se estendeu até o Colégio Aurélio em Embu, por volta das 18h45.

A Rodovia Armando Sales, KM 29, também ficou debaixo d’água. O local, segundo motoristas não conta com bueiro para escoar a água. “Dos dois lados da rodovia existem os bueiros, mas eles já não suportam tanta água acumulada com a chuva forte e o local sempre enche. Sempre que chove, agora vou começar a reparar, se chover, corto pela Estrada dos Mandus”, comentou um motorista inconformado com a situação que se tornou constante em dias de chuva.

Após a tempestade, a calçada em frente a Faculdade Anhanguera, na XV de Novembro, continuou repleta de água, obrigando o pedestre a passar por cima da mureta. A chuva também deixou os bairros do Potuverá, Centro, Parque Paraíso, Branca Flor e Embu-Mirim sem energia elétrica. O retorno aconteceu por volta das 22h15, segundo apurou a Reportagem do Jornal na Net.

chuva

Rodovia Armando Sales debaixo d'água

Comentários