Prefeitura de Taboão da Serra vai ampliar número de pessoas que farão testes para coronavírus

Por Gabriela Pereira - Especial para o Jornal na Net | 18/05/2020

A prefeitura de Taboão da Serra vai ampliar a partir desta segunda-feira, 18, o número de pessoas que farão o teste para detectar o novo coronavírus. A informação foi confirmada pelo prefeito Fernando Fernandes em um vídeo publicado em sua rede social na sexta-feira, 15.

Antes, o exame era feito apenas em pessoas que precisam ficar internadas ou em profissionais da saúde e da segurança que apresentavam sintomas. No entanto, com a mudança no protocolo, outras pessoas serão incluídas nos testes.

Agora, moradores com mais de 60 anos ou que que apresentarem sintomas de gripe, tenham doenças cardíacas, problemas nos rins ou respiratórios crônicos, diabetes ou que já sofreram derrames serão testadas. Neste grupo, também estão inclusas pessoas em situação de rua e os profissionais de segurança, limpeza urbana e transporte público.

Segundo explicou o prefeito, o teste é chamado de RT-PCR. “O exame é colhido com cotonete de cabo cumprido, que se chama swab e que busca material nas duas narinas e na garganta. Este material é colocado em um aparelho que identifica pedaço do vírus. Se encontrar, é porque deu positivo”, explicou Fernando.

Taboão da Serra é a cidade mais afetada pelo novo coronavírus do sudoeste da região metropolitana. Até este domingo, 17, 46 moradores foram vítimas da doença. Outros 317 já foram infectados, mas destes, 167 foram curados e 104 ainda não receberam alta. Ainda há 187 aguardando o resultado do exame e 312 suspeitas descartadas.

No Hospital de Campanha instalado no município para tratar exclusivamente casos de coronavírus há 38 pessoas internadas. Ao todo, 3.771 moradores já foram atendidas e 152 ficaram internados ao longo de mais de um mês de funcionamento.

Comentários