Taboão da Serra precisa manter isolamento social acima de 50% para ter reabertura da economia

Por Gabriela Pereira - Especial para o Jornal na Net | 5/05/2020

O Governador João Dória anunciou na segunda-feira, dia 4, que as cidades com piores índices sociais estarão excluídas automaticamente da reabertura gradual dos comércios, prevista para dia 11 de maio. Com isso, Taboão da Serra precisa ficar com índice acima de 50% para ter a economia flexibilizada.  

“Todas estas cidades precisam melhorar os seus índices, principalmente se desejarem ter algum tipo de flexibilização. Não havendo o índice superior a 50%, já por este item as cidades estarão automaticamente excluídas de qualquer flexibilização”, disse o governador ao ler a lista das 20 piores cidades com adesão à quarentena no sábado, 2.

Até a data, Taboão ainda não figurava no ranking de munícipios com piores índices, no entanto, registra grandes oscilações nos percentuais, segundo mostra o Sistema de Monitoramento Inteligente (SIMI-SP). Durante os finais de semana, os índices se mantêm bem acima de 50%, no entanto, voltam a cair durante a semana.

No domingo, dia 03, 59% da população taboanense obedeceu a quarentena, mas na segunda-feira, 4, o índice caiu drasticamente para 48%. Desde que os comércios foram proibidos de abrir, em 21 de março, o índice variou entre 47% e 60%.

Outras cidades

Em Embu das Artes, embora a adesão seja melhor, o isolamento também está abaixo do esperado. A cidade registrou no domingo, dia 3, 63%, mas na segunda-feira, 4, o percentual ficou em 49%. A cidade também vem tendo grande oscilação nos dados referentes à quarentena e até agora o índice ficou entre 48% e 63%.

Já Itapecerica da Serra está entre as 20 melhores cidades com maior adesão à quarentena, diz o SIMI-SP. Os últimos dados divulgados nesta terça-feira, dia 4, mostram que o município ficou na segunda-feira, dia 4, no 14º lugar do ranking - que contabiliza as 20 cidades com melhor desempenho -, com índice de isolamento social em 54%. No domingo, 3, a colocação foi ainda melhor e a cidade ficou na 13% posição, com 66% da população em casa.

Comentários