Segundo exame também confirma coronavírus em brasileiro vindo da Itália

Por Redação | 26/02/2020

Um segundo exame feito Insituto Adolfo Lutz no brasileiro vindo da Itália confirmou o resultado do primeiro teste, que tinha dado positivo para coronavírus, segundo apurações da Exame. Este é o primeiro caso confirmado no Brasil.

O homem, de 61 anos, é morador de São Paulo e fez o primeiro exame no Hospital Albert Eisntein, onde procurou auxílio médico após voltar de uma viagem a trabalho da cidade de Lombardi com sintomas da doença.

A Itália é o país mais afetado pelo coronavírus na Europa. Ao todo, 320 casos foram confirmados até agora, com pelo menos sete mortes. No continente, ainda há registros de infectados na Áustria, Suiça e Croácia.

Agora, tanto o Ministério quanto as secretarias estadual e municipal de saúde, juntamente com a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), investigam as pessoas que o homem teve contanto em casa e no voo para checar se há mais pessoas que possam ser contaminadas.

O número de casos em investigação no Brasil vinha caindo. Ao todo, mais de 56 suspeitas deram negativas. Agora, em São Paulo, outros três casos suspeitos são averiguados, todos adultos. No rio, há mais um.

A origem do coronavírus se deu na China, onde mais de 2,7 mil pessoas já morreram e mais de  78 mil estão infectadas. Pessoas que viajaram para o país asiático nos últimos meses ou para regiões afetadas devem fazer o teste. Entre os sintomas, estão febre, tosse, fadiga musculares e desconforto muscular agudo.

 

 

Comentários