Cemitérios da região recebem milhares de pessoas no feriado de Finados

Por Gabriela Pereira - Especial para o Jornal na Net | 4/11/2019

O Dia de Finados, celebrado no sábado, dia 2, movimentou os cemitérios de Taboão da Serra, Embu das Artes e Itapecerica da Serra. Ao todo, segundo estimativa levantada pela reportagem junto á administração da unidades, cerca 9,4 mil pessoas foram visitar os túmulos de seus entes queridos que já se foram.

Apesar de o número ter chegado na casa dos milhares, a movimentação nos cemitérios da região foi bem abaixo do esperado se comparado aos anos anteriores. Segundo Guardino, coordenador do Cemitério da Saudade, onde foi registrado o maior número de visitas, , com cerca de 4 mil pessoas, a queda se deu pela crise.

"A população está sentindo a crise, que influencia no momento em que ela vai comprar as flores, por exemplo. Tem muitas pessoas desempregadas e a gente acredita que a tedência é essa", disse.

No local, o maior volume de pessoas foi registrado durante a missão campal, ministrada pelo Padre Carlos Alberto de Souza, da Paróquia São Pedro Apóstolo, no Parque Pinheiros, quando 2,5 mil pessoas marcaram presença.

O segundo maior número de visitas foi no Cemitério do Rosário, no centro de Embu das Artes. Cerca de 3 mil pessoas renderem homenagens a parentes e amigo que partiram. Ainda em Embu, o Cemitério dos Jesuítas teve em tornor de 800 visitas.

Já em Itapecerica, o cemitério Recanto do Silêncio recebeu teve em torno de 1000 pessoas, um número menor do que o esperado. E no cemitério Floreal Eterno, no centro da cidade, o número foi ainda menor. Cerca de 600 pessoas foram até o local.

"A movimentação foi bem mais fraca. Nos últimos anos, a visitação foi se reduzindo", disse o coveiro Gilson, do Recanto do Silêncio. Ele já está há três anos no cemitério e afirmou que este ano registrou o menor número de visitas até então.

 

Comentários