MP determina que votos da eleição do Conselho Tutelar de Taboão sejam recontados

Por Gabriela Pereira - Especial para o Jornal na Net | 17/10/2019

O Ministério Público determinou nesta quarta-feira, dia 16, a recontagem dos votos da eleição do Conselho Tutelar, que aconteceu no dia 6 de outubro. A nova apuração será feita na próxima segunda-feira, dia 21, às 19, no Cras Monte Alegre. 

De acordo com o documento, houve divergência nos votos. Apenas 5.515 pessoas assinaram a lista de presença na votação, mas o número divulgado foi maior, com 6.606 votos, ou seja, 91 a mais.

A recontagem, ainda segundo o órgão, requer “máxima urgência” e deve ser feita na presença da Comissão Eleitoral, dos candidatos ao Conselho Tutelar e dos respectivos fiscais.

Na eleição, dos 16 candidatos que concorreram ao cargo de conselheiros tutelares, somente 5 foram eleitos, sendo eles, Raquel Fernandes (1066), Léa Reis (892 votos), Paulo (654), Nalva Lúcio (550) e Tamiris Vaz (528).

Comentários