Jovem que desapareceu após sair do trabalho no Monte Alegre ficou três dias sequestrada

Por Redação | 7/09/2019

A jovem Giovana Miranda Oliveira, de 19 anos, que desapareceu na última terça-feira, dia 3, após sair do trabalho por volta de 21h00 no Jardim Monte Alegre, em Taboão da Serra, ficou três dias em poder de sequestradores, segundo informou a família. Ela foi liberada na madrugada de sexta-feira, dia 6, e apesar de muito abalada, fisicamente está bem.

Respeitando o pedido da família e para preservar a integridade da jovem, a reportagem não divulgará muitos detalhes sobre o sequestro.

A mãe da vítima registou um boletim de ocorrência no 1°DP de Taboão da Serra após receber ligações feitas pelos sequestradores do próprio celular de Giovana pedindo recompensa para soltá-la. O caso é investigado pela Divisão de Anti-sequestro do Departamento de Operações Especiais Estratégicas. 

Comentários