Taboão da Serra encerra mês de julho com queda de 67% nos casos de homicídios

Por Gabriela Pereira - Especial para o Jornal na Net | 26/08/2019

O número de homicídios registrados em Taboão da Serra no mês de julho teve queda. Em comparação com o mesmo período do ano passado, a cidade teve 67% de casos a menos, ou seja, o número de pessoas assassinadas diminuiu de 3 para 1 segundo apontam os dados divulgados pela SSP-SP.

Roubo em geral também acompanhou a queda e foi de 198 casos para 178, ou seja, uma redução de 10%. Assim como furto, que também registrou queda de 10% nas ocorrências. Foram 167 o ano passado contra 150 deste ano. Furto de veículo diminuiu em 2%. Em julho de 2018, 48 carros foram furtados na cidade e no passado, 47.

Entre os índices de crimes que aumentaram estão os de latrocínio (roubo seguido de morte), que no ano passado ficou zerado e este registrou um caso, alto de 100%, e os de estupro, com aumento de 25%, registrando um a mais que 2018, que teve 4 ocorrências. Roubo de veículo também cresceu, passando de 36 para 41 casos, ou seja, 14% de carros a mais roubados

Embu das Artes

Em Embu das Artes, homicídios e latrocínios se mantiveram estáveis em 1 e 0 casos respectivamente. Já estupro caiu de 8 para 6 casos, o que representa uma redução de 25%

Roubo também houve redução. Foram 148 registros o ano passado contra 138 este ano. Roubo de veículo diminuiu 21%, passando de 29 para 23 casos e furto de veículo também teve queda.        Foi 61% de ocorrências a menos, ou seja, uma contração de 33 para 13 registros.

O único índice criminal que subiu na cidade foi o de furto, com 50 ocorrências no ano passado e 89 este ano. Ou seja, uma alta de 78%.

Comentários