Vereadores constatam crime Ambiental no Parque das Hortênsias

Por Marcelo Ramos | 28/10/2009

O vereador Carlos Andrade (PV) criticou na Tribuna da Câmara de Taboão a derrubada de uma árvore que há muito tempo encontrava-se plantada nas dependências do Parque das Hortênsias. Ele tomou conhecimento do fato por meio de uma denuncia anônima feito de um morador do Parque Assunção.


O morador informou o caso aos vereadores Carlos Andrade e Aprígio (PRB) para que tomassem providências sobre o assunto.


De imediato, os representantes do Legislativo encaminharam-se ao local, onde havia uma área isolada por fitas sinalizadoras e, comprovaram a veracidade da denuncia.
Tratava-se do corte arbitrário de um Jacarandá Mimoso, vegetação nativa de extinção iminente, realizado sem conhecimento e autorização legal do Departamento do Meio Ambiente.


Ao averiguarem os fatos, Carlos Andrade e Aprígio constataram que a irresponsável ação ordenada pela diretoria do Parque deu-se, unicamente, para que a calçada danificada pelo crescimento das volumosas raízes da árvore fosse concertada.


Em prol da apuração das responsabilidades e aplicação das cabíveis punições, como membros de um Governo que defende quaisquer questões de preservação ambiental, os vereadores incumbiram-se de denunciar a ocorrência ao Prefeito Dr. Evilásio, à Comissão de Meio Ambiente da Câmara Municipal e à Ouvidoria de Taboão da Serra.

Texto e fotos: Ana Cristina dos Santos

Comentários