Meio Ambiente promove visita monitorada e leva autoridades para conhecer trabalho de reciclagem da Cooperzagatti

Por Gabriela Pereira - Especial para o Jornal na Net | 11/06/2019

A Secretaria do Meio Ambiente de Taboão da Serra promoveu na sexta-feira, dia 7, uma vista monitorada e levou os  vereadores Marcos Paulo de Oliveira, Ronaldo Onishi, Priscila Sampaio, Cido da Yafarma, Rita de Cássia e o vice-prefeito de Taboão da Serra, Laércio Lopes, para conhecerem as instalações e o importante trabalho realizado pela Cooperzagatti na cidade e na região.

Com um trabalho de reciclagem, a cooperativa desempenha um papel fundamental em Taboão, pois impedi que toneladas de resíduos sólidos sejam descartadas de forma incorreta na cidade e, assim, evita mais poluição no meio ambiente. As garrafas, os papéis, os metais, os vidros e todos os materiais recicláveis que poderiam estar jogados na rua ou nos rios da cidade, lá ganham outro destino: são reprocessados e reutilizados.

“Estamos numa agenda permanente de valorização e incentivo à Cooperzagatti, tanto pelo trabalho que realizam quanto pela prestação de serviço que faz ao meio ambiente e a humanidade”, ressaltou a secretária de Meio Ambiente, Sandra Pereira. Ela ainda afirmou que o trabalho realizado elas associadas reforça que é “preciso incentivar a coleta seletiva como uma alternativa não só de geração de renda, mas de proteção ao meio ambiente”. 

A secretaria esteve presente em toda a visita e levou as autoridades para o galpão onde a reciclagem é feita. Ao lado das cooperadas, ela explicou o passo a passo do processo e mostrou, ainda, as instalações e maquinário utilizado. A apresentação marcou o encontro e as autoridades chegaram a sugerir inciativas para ajudar no trabalho desenvolvido pela cooperativa, que hoje conta com 20 famílias associadas. 

“Eu quero aqui propor um projeto de lei criando Selo Sustentável Cooperzagati junto com a Câmara Municipal. E esse mérito será dado para as empresas e instituições que colaborarem com a cooperativa. Vamos buscar parceiros para que eles (cooperados) possam ser reconhecidos na cidade”, disse o vereador Ronaldo Onishi, presidente da Comissão de Meio Ambiente da cidade. 

Já o vereador Marcos Paulo, presidente da Câmara Municipal, afirmou que agora o foco das autoridades da cidade será de “buscar mais parceiros para melhorar ainda mais o trabalho desenvolvido na Cooperzagatti e aumentar a quantidade de serviço feito”. O presidente também ressaltou a importância da cooperativa em Taboão.  “Os produtos que são destinados de forma errada aqui têm a destinação correta e vira renda para pessoas da cidade”, completou.

Luana Oliveira, presidente da Cooperzagatti, relatou que muitos munícipes não sabiam do trabalho realizado por eles e estavam descartando seus recicláveis em outros lugares, mas que, agora, a perspectiva é de mudança com o apoio a divulgação que estão recebendo da pasta. Ela ainda reforçou que o trabalho ainda não é muito reconhecido na sociedade em geral e que ainda há descriminalização. “Enquanto muitos ainda chamam de lixo, a gente fala que é o nosso dinheiro, né? Você compra o que consome o que ser descartado, é o que a gente faz a nossa renda”, relatou.

O vice-prefeito elegiou a iniciativa. “A Sandra, como secretaria, veio ajudar a dar visibilidade ao trabalho da Cooperzagatti. Meio Ambiente é um tema de suma importância  e Taboão da Serra precisa adquirir esse selo verde, ter esse destaque, principalmente a nível São Paulo. E eu tenho certeza que o trabalho de todos engajado com a Cooperzagatti vai  nós vamos conseguir”, destacou. 

 

Comentários