14º Corrida do Trabalhador reúne cerca de 1 mil corredores e agita feriado em Taboão

Por Gabriela Pereira - Especial para o Jornal na Net | 2/05/2019

A tradicional Corrida do Trabalhador, realizada nesta quarta-feira, 1 de maio, reuniu mais de 1000 corredores e agitou a região do São Judas, em Taboão da Serra, no feriado do Dia do Trabalho. O evento, ideializado pelo verador Cido, é considerado uma das maiores atividades esportivas na cidade e, como todos os anos, também foi inclusiva, com participação de idosos e pessoas com necessidades especiais

Além de ajudar na prevenção de doenças ligadas ao sedentarismo, como a obesidade, diabetes e hipertensão, a corrida de rua, como lembrou o prefeito Fernando Fernandes, presente à atividade, também é importante por outro motivo: traz à tona o sentimento cidadão.

“Essa atividade [...] tem um significado muito maior. As pessoas sentem que pertencem a cidade, que a cidade é delas, que aqui é o lugar onde elas desenvolvem suas famílias, criam os seus filhos, realizam os seus sonhos. Esse espírito de cidadania é uma coisa pela qual eu luto a muito tempo”, disse. “Hoje nós estamos comemorando o Dia do Trabalhador em grande estilo em Taboão da Serra”, finalizou.

O vereador Cido, que criou há 14 anos em Taboão, lembrou um pouco de sua história e reconheceu o papel social que tem na região onde é realizada. “Jamais eu vou mudar ela daqui da porque eu entendo que a população mais carente tem mais dificuldade [de acesso] à atividade esportiva do que outras regiões, que já têm corridas. Há mais de 14 anos eu e um grupo aqui começamos a correr e quando eu assumi o meu mandato em 2009, eu fiz um Projeto de Lei criando a Corrida do Trabalhador”, disse. Cido também correu e completou o percuso em cerca de 35 minutos.

O vencedor da corrida na categoria masculina foi Rafael Santos de Novais, que cruzou a linha de chegada aos 17 minutos e 53 segundos. O atleta correu por conta própria e por enquanto não tem equipe. Já na categoria feminina, quem levou o primeiro lugar foi Adriana Domingos da Silva, com o tempo de 21 minutos e 15 segundos. Os campeões nas duas categorias ganharam um cheque no valor de R$ 1 mil.

“É um percurso muito difícil, né, com subidas e descidas”, relatou Rafael sobre as dificuldades da prova. “Participando a primeira vez e sendo campeão, graças a Deus, é muito emocionante. A organização da corrida está de parabéns e todos os competidores também”, completou. O dinheiro ele investirá em uma outra corrida que participará em Santos.

As outras colocações nas duas categorias também foram premiadas. O 2º lugar levou R$ 750; o terceiro, R$ 500; o quarto, R$ 250; e o quinto, R$ 250. Além disso, as outras categorias, como a de pessoas com necessidade especial PNE e a do idoso, os primeiros colocados ganharam troféu. Todos os competidores foram premiados com medalhas.

Dona Maria, de 75 anos, que participou da corrida pela primeira vez, deu um verdadeiro show em todo o percurso. “Foi ótimo, para o pessoal que nunca correu, é difícil, mas o importante é participar”, incentivou. Alagoense de nascença, mas taboanense de coração, dona Maria ainda ganhou os parabéns da secretária de Saúde, Raquel Zacainer, de quem ouviu ser “motivo de orgulho” para Taboão.

 

 

Comentários