Creche do Saint Moritz é sonho antigo dos moradores e terá 200 vagas para crianças de 0 a 6 anos

Por Sandra Pereira | 3/06/2018

Os moradores do jardim Saint Moritz, um dos bairros mais populosos de Taboão da Serra aguardam com expectativa a inauguração da escola construída no bairro. A nova unidade de ensino vai oferecer pouco mais de 200 vagas distribuídas em oito salas de aula. A escola será uma das maiores e mais modernas da rede municipal. A obra vai custar mais de R$ 1,6 milhão e vai ajudar a atender a demanda de vagas de crianças de 0 a 6 anos de idade, a faixa etária com maior demanda do município. A nova unidade de ensino deverá começar a funcionar no segundo semestre.

As vagas na educação infantil para crianças de até 6 anos são a principal reivindicação relativa à rede pública municipal de Taboão. A qualidade da educação na cidade é reconhecida por pais e detentora de elevados índices que atestam sua qualidade.

“Ter uma escola desse tamanho no nosso bairro é um sonho realizado para mim e todas as pessoas que vivem aqui. Quando mudei para cá ninguém imaginava que o Saint Moritz ia crescer tanto. Temos vários comércios, ruas asfaltadas, ônibus e para finalizar tudo a gente precisa de uma UBS. Durante muitos anos aquele terreno dessa nova escola era um lugar abandonado, onde as pessoas iam consumir drogas. O prefeito resolveu dois problemas de uma vez construindo a creche naquela área”, comemora o morador Carlos André.

Ele disse que espera ansioso pela inauguração e quer a oportunidade agradecer ao prefeito Fernando Fernandes e a deputada Analice Fernandes pela nova conquista do bairro.

A mais nova creche-escola municipal de Taboão da Serra vai se chamar Luca, personagem da Turma da Mônica. Luca é um garoto cadeirante, com vontade e disposição para brincar de igual para igual com a turminha, independente de ser paraplégico. O nome foi escolhido por meio de uma enquete realizada pela Secretaria Municipal de Educação. Ao todo, 381 pessoas participaram da enquete. Luca recebeu 227. 

A construção da creche-escola segue para a reta final. A obra está sendo feita numa área de 813 m². De acordo com a prefeitura, a creche terá berçários, fraldários, lactários, salas de atividades, refeitórios e toda a infraestrutura necessária para atender crianças entre 0 e 6 anos. A área interna da escola está em fase de acabamento. O azulejo e o piso cerâmico já foram quase totalmente instalados assim como as divisórias dos sanitários e das prateleiras nas salas de atividades.

Comentários