Sargento Ruas está treinando Força Tática para voltar a atuar em Itapecerica e Embu-Guaçu

Por Sandra Pereira | 14/11/2017

Aguardada com grande expectativa pelos moradores de Itapecerica, São Lourenço Juquitiba e Embu-Guaçu a volta da Força Tática está muito perto de virar realidade nessas  cidades. O sargento da Polícia Militar, Ruas, sob o comando do coronel Gatto,major Sílvio e do capitão Maurício Mota, do 25º Batalhão de PM de Itapecerica da Serra está intensisficando o treinando dos policiais que vão compor a Força Tática em Itapecerica e Embu das Artes.

A meta é retomar os trabalhos de policiamento especializado da Força Tática no combate à criminalidade o quanto antes. Em Taboão o retorno da Força Tática também deve acontecer, mas não antes de Itapecerica e Embu.

O Batalhão PM de Itapecerica da Serra atende os municípios de São Lourenço, Juquitiba e Embu-Guaçu. Faz 11 meses que a Força Tática deixou de atuar nas cidades da região, após a transferência para o BAEP de Barueri.

"Estamos muito empenhados em garantir o melhor treinamento a nova equipe da Força Tática. Sabemos a importância dela para a segurança e a Polícia Militar não está poupando esforços no sentido de atender a esse anseio dos moradores", afirmou o sargento Ruas.

A saída da Força Tática aconteceu em novembro de 2016 e foi alvo de verdadeira avalanche de críticas da população. Leitores do Jornal na Net ficaram indignados com a retirada da corporação para Barueri - relembre aqui. Nas Câmaras Municipais da região a saída da Força Tática motivou críticas e discursos inflamados.

Em Taboão da Serra, o vereador Dr. Ronaldo Onishi, foi porta voz constante dos apelos da volta da corporação para o município e a região. O vereador costumava repetir que os “bandidos derretem quando veem as viaturas da Força Tática”.

A Força Tática é uma modalidade de policiamento tático ostensivo da Polícia Militar composta por policiais altamente qualificados, submetidos a permanente treinamento e qualificação. Os integrantes da Força Tática estão aptos a realizar intervenções rápidas em ocorrências de maior complexidade. 

Veja mais fotos aqui.

Comentários