Corpo de mulher atropelada em Juquitiba aguarda familiares no IML de Taboão para ser liberado

Por Sandra Pereira | 3/11/2017

Uma mulher identificada como Ângela Maria da Silva, 44 anos, morreu vítima de atropelamento na Régis Bittencourt, no km 335 + 800, no bairro dos Barnabés, em Juquitiba, na noite desta quinta-feira, 02. O corpo dela está no IML Taboão esperando a presença de familiares para sepultá-la. Quem souber qualquer informação de familiares da mulher deve pedir para eles entrarem em contato com a funerária de Juquitiba, pelos telefones (11) 4681-2600 ou 4661-5152. 

A perícia garante que Ângela Maria sofreu morte instantânea. Ela foi atropelada junto com Cristian Dias dos Santos, 34 anos, por um motorista que se evadiu do local e abandonou o veículo. O inédito da tragédia é o fato da mulher está identificada, ter sido atropelada perto de casa e ainda assim, passadas quase 24 horas da morte nenhum parente dela ter aparecido para providenciar a liberação do corpo dela no IML e o seu sepultamento.

O casal foi atropelado durante a noite. O motorista que matou a mulher e deixou o homem bastante ferido abandonou o automóvel, que acabou sendo recolhido para o pátio de Juquitiba. Apesar do nome do condutor ter sido omitido, ele deverá ser indiciado por lesão corporal culposa.

O cadáver da mulher foi encontrado pela Polícia Rodoviária Federal atrás do veículo. O homem identificado como Cristianoestava um pouco distante e bastante machucado. Ele foi levado para o Hospital Geral de Itapecerica da Serra (HGIS) onde segue internado.

O veículo que causou os atropelamentos seguidos de morte tem placa de Goiana e seria de um homem envolvido em casos de tráfico de animais silvestres. O acusado está foragido.

 

 

Comentários