Motoristas que trafegam pela Régis ainda esquecem de acender farol baixo

Por Sandra Pereira | 5/08/2016

Há quase um mês a obrigatoriedade de veículos circularem com o farol baixo ligado durante o dia nas rodovias em todo o país entrou em vigor. Mas, basta um olhar mais atento entre os veículos que circulam pela Rodovia Régis Bittencourt, em Taboão da Serra e nas cidades vizinhas de Embu e Itapecerica para constatar que muitos ainda trafegam com farol desligado. A lei foi aprovada como alternativa para reduzir o número de acidentes nas rodovias.

Desde que a lei foi aprovada é comum ouvir histórias de gente que esqueceu o farol aceso e acabou descarregando a bateria do automóvel. Esse fato obriga os motoristas a ficaram atentos aos procedimentos de acender e desligar o farol.

A nova lei entrou em vigor em 8 de julho e é valida para os trechos urbanos das rodovias, como o caso de Taboão. No entanto, a novidade ainda está motivo de dor de cabeça para muitos motoristas que esquecem o farol apagado. Quem descumprir a regra, será multado e ainda perde quatro pontos na carteira. 

 “Na realidade como está muito recente acabo passando despercebido. Tem dias que lembro de ligar e outros não”, admite uma moradora de Taboão que todos os dias pega a BR em direção ao trabalho em São Paulo.

Mas muitos motoristas ainda têm dúvidas sobre essa obrigatoriedade Mesmo assim andar com os faróis baixos acesos durante o dia já pegou. Poucos carros ainda são vistos com as luzes apagadas, o que dá multa. 

“Eu acho que facilita a visualização do veículo em movimento”, afirma a motorista.
A punição para quem for flagrado com o farol baixo desligado durante o dia nas rodovias é multa de R$ 85,13, além de quatro pontos na carteira de habilitação.

Comentários