Convenção que definiu candidatura de Rainha a prefeito foi a maior da história de Embu-Guaçu

Por Genildo Rocha | 31/07/2016

Em convenção supra-partidária foi  aprovado  neste sábado 30, o nome do ex-vereador Alexandre Rainha  para disputar o cargo de prefeito de Embu-Guaçu  pelo PMDB. A covenção contou com a participação de prefeito Clodoaldo Leite, do ex-prefeito Cravo Roxo e centenas de liderança municipais. Veja fotos aqui.

Alexandre Rainha foi vereador da cidade. É ex-policial militar e é formado em direito. Disputou a prefeitura em 2012 e atualmente volta a disputar o cargo a  prefeito pela chapa composta pelos partidos PMDB, PRP SD, PRB, PV, PDT, PR, PT, PHS, PPS, DEM e PMB. 

Emocionado Rainha lembrou de sua infância quando trabalhou como engraxate, vendedor de  churros e balconista. Para ele sua fonte de inspiração foi seu pai o  falecido Pastor Ezequiel Rainha. 

Alexandre Rainha afirmou  que Embu-Guaçu tem apenas 51 anos e disse que seu objetivo é fazer com que seus habitantes sintam orgulho  de morar na cidade. “Poder olhar nos olhos das pessoas e falar a verdade mostrar seus projetos e não ter de que se envergonhar. Esse é meu objetivo”, falou. 

Rainha ressaltou que o seu plano de governo contará com coisa possíveis de fazer, pois o povo não agüenta mais políticos que prometem o que jamais terão condições de cumprir.

genildo_600

Rainha garantiu que irar criar a sub-prefeitura do Cipó e dar autonomia as secretarias. Para ele, o distrito do Cipó é uma das regiões que mais contribui com a cidade, e entra ano e sai ano e essas não acontecem por lá. 

“Precisamos fazer os moradores do Cipó sentir orgulho de fazer parte de Embu Guaçu e vice/versa. Podemos falar  das conquistas do bairro, como a rede de água e assumir o compromisso da construção  da UPA de 200 metros no local e um centro de diagnósticos  com os serviços médicos como mamografia, radiografia, ultrassonografia, radiologia entre outros serviços. Em meu governo a cidade terá seu hospital próprio e sua maternidade”, declarou Rainha

 O candidato garantiu  também que vai criar três regionais na cidade  e que colocará em prática o  projeto bairro a bairro. Segundo ele esse projeto vai recuperar um bairro por mês com três equipes de infraestrutura, sendo uma equipe recuperada pela regional, outra pela subprefeitura e outra pela prefeitura. 

 “Assim teremos a recuperação de 3 bairros por mês, totalizando assim  36 bairros recuperados por ano na cidade. Se me perguntar se tenho medo de falar isso, respondo não tenho sou trabalhador”, finalizou  Rainha.

Comentários