Novos conselheiros gestores de saúde são empossados em Embu das Artes

Por Direto da Redação do Jornal na Net | 27/01/2016

Os conselheiros de Saúde para o exercício no biênio 2016-2017 foram empossados em solenidade realizada nesta terça-feira, dia 26, no Centro Cultural Mestre Assis, no centro de Embu das Artes. Foram empossados 70 conselheiros gestores de 21 unidades de saúde do município, além disso, foram escolhidos os membros do Conselho Municipal de Saúde, que serão oficialmente empossados na próxima terça-feira, dia 02, na ocasião sera eleita a mesa diretora (presidente, vice-presidente, 1º e 2º secretários) do Conselho de Saúde.  

Vale destacar que o Conselho Gestor é formado por membros eleitos pelos usuários e pelos trabalhadores da saúde nas unidades básicas, pronto-socorros e demais equipamentos de saúde. Eles foram eleitos em votação popular realizada em cada unidade de saúde, no ano de 2015. Cabe ao conselheiro acompanhar, avaliar e fiscalizar serviços e ações de saúde do município, porém a atividade não é remunerada. O conselheiro terá acesso a toda informação de cunho técnico-administrativo, econômicos-financeiros e operacionais, relativas à sua unidade de saúde, apenas prontuários médicos não são disponibilizados para consulta do conselheiro.   

No ato houve a posse de todos os conselheiros chamados pelo nome, além disso, uma palestra informativa aconteceu com membros do Conselho de Saúde, além das palavras da secretária de Saúde, Sandra Magali Fihlie. Estiveram presentes representantes do Legislativo, sendo os vereadores Doda Pinheiro, Clidão do Táxi e Carlinhos do Embu.  

"Temos que ter mais a clareza que a quem eu represento. Olha a importância de ser um conselheiro gestor. Temos que ter uma evolução na participação", disse a secretária de Saúde, Sandra Magali Fihlie. 

Ao final foram votados os membros do Conselho Municipal de Saúde, sendo 12 titulares e 12 suplentes.O Conselho Municipal de Saúde é um órgão com funções de controlar, fiscalizar e formular estratégias da política de saúde municipal, nos aspectos financeiros e econômicos. Também acompanha os gastos de financiamentos do Sistema Único de Saúde (SUS) e controla ações da saúde. Os conselheiros devem se reunir ao menos uma vez por mês. 

Comentários