Cido critica serviço das empresas Eletropaulo, Sabesp Vivo e Congas em Taboão da Serra

Por Sandra Pereira | 27/05/2015

As empresas AES Eleotropaulo, Sabesp, Vivo e Congas receberam verdadeiro puxão de orelhas do presidente da Câmara Municipal de Taboão da Serra, vereador José Aparecido Alves, o Cido, durante a sessão desta terça-feira, 26. Ele disse que é visível e inquestionável a má qualidade da prestação de serviço feita por essas empresas e afirmou que já passou da hora das mesmas tratarem com respeito os clientes de Taboão da Serra.


A enxurrada de críticas do presidente contra as prestadoras de serviço começou com a empresa AES Eletropaulo. Cido disse que os moradores do jardim Saint Moritz e os comerciantes do bairro enfrentam quedas de luz diárias que prejudicam suas rotinas e seus negócios. Por causa disso ele solicitou a convocação da empresa para prestar esclarecimentos à Comissão de Defesa do Consumidor da Casa.

 


O presidente também foi generoso nas críticas contra a Sabesp e a Congas. Disse que as duas cobram caro pelos serviços e prejudicam os moradores deixando as ruas esburacadas após a realização de seus serviços. “A dona Sabesp e a dona Congas estão abusando do direito de prestar um serviço ruim. Cobram caro e ainda deixam nossas ruas esburacadas”, falou.


Sobre a empresa Vivo Cido foi taxativo em afirmar que a qualidade do serviço de internet é ruim e prejudica diretamente os moradores dos bairros mais populosos e carentes. Para ele o serviço de banda larga da Vivo custa caro e não atende as necessidades dos moradores. Ele também avaliou que a empresa vende serviço que não entrega aos usuários.


No dia 15 de junho a Câmara vai instalar em audiência pública a partir das 9 horas, a Comissão de Defesa do Consumidor. O presidente da Comissão, vereador Moreira, já convocou a  Eletropaulo a prestar esclarecimentos sobre as quedas constantes de luz na cidade. As demais prestadoras de serviço devem ser cobradas em breve.

Comentários