/

Você está aqui: Página Inicial » Notícias » Saúde

Faculdade promove palestra de Prevenção do Câncer de Mama no Taboão

Por Sandra Pereira e Karen Santiago | 6/05/2010

palestrante_cancer.jpg

A palestrante Vilma palestrou sobre o tema Câncer de mama na Faculdade Anhanguera

A prevenção do Câncer de Mama foi o tema central da palestra realizada nesta quinta-feira, 6, na Faculdade Anhanguera de Taboão da Serra, às 19h30. A palestrante Vilma Melo Linares, mestre, professora e especialista em enfermagem obstétrica falou aos participantes sobre as formas de prevenção riscos e características da doença.

Vilma Melo Linares é professora do curso de Enfermagem na Faculdade Anhanguera. Enfermeira, mestre em Obstetrícia pela Escola de Enfermagem da Universidade de São Paulo (USP) e especialista em enfermagem obstétrica e Enfermagem em Saúde Pública pela  Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP).

O evento contou com uma recepção calorosa de violinistas, que encantaram os alunos e mães que foram ao local para assistir a palestra e, além disso, todas as mulheres que passavam no local (em frente a faculdade) receberam botões de rosas.

A palestra dirigida ao público leigo, segundo a palestrante apresentou o que é o câncer de mama, quais são os fatores de risco (baixo, médio ou elevado), quais são os tratamentos, qual é a melhor maneira de saber se têm ou não algum sintoma e como fazer a prevenção.

Vilma aconselha mulheres com 40 a 49 anos e acima de 50 anos a sempre fazerem o auto-exame (em casa mesmo) uma vez por mês e se apresentar alteração nas mamas tem que procurar um médico para fazer exames clínicos. “O auto-exame, você precisa ficar em frente ao espelho, colocar uma mão nas costas (passando pela cabeça) e a outra passando nas mamas, se aparecer algo anormal, vá ao médico para ele comprovar se o paciente está ou não com a doença”, ressaltou.

Vilma contou a Reportagem do Jornal na Net que a cada 100 mil mulheres, 51 têm Câncer de Mama.

Saiba mais sobre a doença:

O Câncer de Mama é o Câncer do tecido da Mama, mundialmente é mais comum em mulheres. Uma vez que o peito é composto por tecido idênticos em homens e mulheres, sendo assim ele também ocorre em homens, embora estes casos sejam menos de 1% do total de diagnósticos.

Assim como qualquer tipo de Câncer, o de Mama pode se espalhar para outras partes do corpo, ocorrendo a chamada metástase. “Por esta razão é muito importante detecta-lo o quanto antes, principalmente nos estágios iniciais, aumentando dessa maneira, as chances de tratamento não agressivo e de cura”, afirmou a palestrante.

“O Câncer, assim como outras doenças, não dói. Por esta razão é importante que se faça o auto-exame de mama”, salientou Vilma.

O Câncer de Mama pode apresentar diversos sintomas tais como: aparecimento de nódulo ou endurecimento da mama ou embaixo do braço; mudanças no tamanho ou no formato da mama; alteração na coloração ou sensibilidade da pele da mama ou da aréola; secreção contínua por um dos ductos; retração da pele da mama ou mamilo e inchaço significativo ou distorção da pele e ou mucosas.

Confira a entrega de botões de rosa:

entrega_flor.jpg

Jorge Pombo da Paz

boa tarde. Meu nome é Jorge Pombo da Paz. Sou petroleiro(Petrobras) aposentado e em virtude da minha filha estudar biologia fiquei interessado na materia sobre cancer de mama e com o auxilio de uma mastologista que me apoiou e incentivou a pesquisar sobre a materia. No final ela aprovou e me incentivou a levar essas informações para as comunidades(favelas), ONGS, igrejas, Cieps, asilos.Eu atuo no Rio de Janeiro e se algum dia V.Sa.vier ao Rio de Janeiro (trabalho/pesquisa) gostaria de convida-la para assistir e opinar sobre os roteiros (Prevenção, fatores de risco, sinais e sintomas, dignostico, a dor, auto exame, exame clinico)que apresento nas ocasioes em faço a palestra. Agradeço-lhe antecipadamente pela atenção dispensada, Jorge Pombo da Paz

Resposta:

Agradecemos as observações e o convite. Se vier a São Paulo nos avise para que possamos assistir sua palestra.

Ab, Equipe Jornal na Net

rosana aparecida pereira

boa tarde Vilma adorei poder ter participado de sua palestra na faculdade Anhanguera no dia 6-05-2010 pois é uma assunto de muita importancia para toda a populaçao (homem e mulheres tem que ter a consciencia do auto exame)sou aluna do primeiro semestre de enfermagem noturno,e sou atuante na area da saúde e tambem instrumentadora cirurgica,onde participo dessa intervençoes que realmente tem aumentado muito.Espero porder assistir outras palestra,pois enriquece muito nossos conhecimento,bjs

Francisco

Trata-se de um tema extremamente interessante à população e a comunidade acadêmica. Parabenizo a iniciativa da Profª Vilma e a excelente cobertura desta jovem e competente jornalista Karen.

Resposta:Muito obrigada professor Francisco! Atenciosamente, Karen

26/02/2015

Obras avançam na nova UBS do Jardim Montesano em Itapecerica

26/02/2015

Secretária de Saúde alerta sobre surto de Dengue e pede ajuda da população

19/02/2015

Saúde presta apoio ao Louvor de Carnaval em Itapecerica da Serra

15/02/2015

Carnaval: Prefeitura de Embu das Artes faz conscientização sobre DST e Aids

Para que os foliões curtam o carnaval com mais alegria e segurança, a Secretaria de Saúde de...

13/02/2015

Secretarias unem forças no combate a dengue em Taboão da Serra

06/02/2015

Obras avançam na nova UBS do Jardim Montesano em Itapecerica

02/02/2015

Cidades da região intensificam campanhas e Itapecerica registra casos de dengue

01/02/2015

Programa Saúde da Família contemplara todos os bairros de Embu Guaçu

19/01/2015

Campanha “Doe Frascos de Vida” incentiva a doação de leite materno na região

27/02/2015

Moradores do Ponte Alta, em Taboão da Serra, reclamam da Eletropaulo e EMTU

27/02/2015

TSE nega recurso que pedia permanência de Chuvisco na prefeitura de Itapecerica

26/02/2015

Sabesp diz que condomínio de Taboão foi o que mais economizou água em São Paulo

As matérias são responsabilidade do Jornal na Net, exceto, textos que expressem opiniões pessoais, assinados, que não refletem, necessariamente, a opinião do site. Cópias são autorizadas, desde que a fonte seja citada e o conteúdo não seja modificado.