Você está aqui: Página Inicial » Notícias » Política

Prefeito de Juquitiba obtém liminar para permanecer no cargo

Por Sandra Pereira | 10/04/2013

prefeito_e_juiza450

Sandra PereiraPrefeito Francisco Júnior e a juíza eleitoral Patrícia de Assis durante a diplomação na Câmara de Itapecerica

O prefeito de Juquitiba, Francisco de Araújo de Melo, o Francisco Júnior, (PPS), e o seu vice, Roberto Oliveira, obtiveram liminar junto ao Tribunal Regional Eleitoral (TRE) para permanecer em seus cargos até que o pleno do TRE julgue o mérito do recurso que pede o efeito suspensivo da sentença da juíza eleitoral de Itapecerica da Serra, Patrícia de Assis Ferreira Braguini. A magistrada acatou ação que pedia a cassação do mandato de ambos, com base numa denúncia de abuso de poder econômico feito pela ex-prefeita do município, Cida Maschio, derrotada pelos dois na eleição de outubro. A decisão da juíza ainda deixa os dois inelegíveis por 8 anos.

Agora a cidade vive a expectativa da decisão do mérito do recurso pelo TRE. Enquanto isso o prefeito continua despachando normalmente na prefeitura, mas ainda se recusa a falar com a imprensa. Entretanto, a repercussão do assunto no município é crescente. Na Câmara os vereadores já debateram o problema na sessão. Os integrantes da base do prefeito pedem cautela. Francisco Júnior elegeu apenas 3 dos 11 vereadores da cidade. Atualmente, já conta com 5 na sua base aliada e trabalha nos bastidores para ampliar o seu arco de aliança.

O presidente da Câmara de Juquitiba, Pedro Ângelo da Silva, avalia que o clima na cidade ainda está acirrado por conta da eleição. Para ele o assunto movimentou os bastidores da política local e dividiu o município entre defensores e contrários à cassação do prefeito e de seu vice.

“Como está muito próximo do pleito passado o clima ainda está acirrado, o que não é positivo para a cidade”, argumenta. 


Quando cassou os mandatos do prefeito e do vice de Juquitiba a juíza de Itapecerica acolheu o argumento de que eles teriam praticado abuso de poder econômico durante a campanha eleitoral. Na sentença de nº 162.769 a juíza afirma ter verificado quatro tipos de irregularidades na prestação de contas do prefeito e seu vice: “doação de produto/serviço que não se inseriam na atividade econômica do doador; arrecadação de R$ 14.000,00 anteriormente à data da abertura da conta de campanha; gastos irregulares de R$ 5.001,20 com combustíveis; despesas individuais em valores superiores a R$ 300,00 não foram quitadas por cheque, transferência eletrônica ou débito e ultrapassaram o limite total de R$ 5.000,00 para o município”, declara a sentença. 

Como a juíza da primeira instância não anulou a eleição se o pleno do TRE decidir manter a sentença inicial a ex-prefeita Cida Maschio pode retornar ao cargo.

thekid

Eu fiquei indignado pela destruição dos banheiros de barnabés para ir ao banheiro tem que pedir para o padre estava feio era só fazer uma reforma eu só tinha visto isto no Taboão no mandato do Evilasio,em vez de reformar desmanchar.

CRIS FLORES

E´UM ABSURDO A INTERPRETAÇÃO DA JUIZA, ACUSAR DE ABUSO DE PODER ECONOMICO UMA CAMPANHA TÃO POBRE QUE NUNCA TIVE PRESENCIADO ANTES...AS EXPLICAÇÕES QUE ESTÃO DESENCONTRADAS...

maria

quero parabennizar o prefeito de juquitiba em poucos meses de mandato a cidade já ganhou cara nova,sera uma pena ele perder o cargo pois em pouco tempo ele nos mostrou que vei para trabalhar e mostrar que se quizer dá pre melhorar a cidade estive lá hontem e gostei do que vi

Marcio Baesse

Cara Que ridículo essa situação para o crescimento da Cidade. Vamos todos apoiar nosso atual prefeito Francisco Júnior! basta irmos para as ruas, com passeata em apoio! organizemos isso já!

23/06/2016

Prefeitura e FECAF são parceiras em evento sobre capacitação profissional

23/06/2016

Comissão de Finanças da Câmara de Taboão debaterá LDO 2017 em audiência pública

23/06/2016

Justiça determina condução coercitiva de Aprígio para depor na CEI

22/06/2016

Autarquia da Saúde de Itapecerica fará prestação de contas dia 24

22/06/2016

Abrigo e críticas aos Secretários Executivos marcam Sessão em Itapecerica

22/06/2016

Câmara de Taboão aprova LDO de 2017 sem emendas em primeira votação

20/06/2016

Gramado sintético será implantado no Campo do Marabá Novo em Taboão

17/06/2016

Deputada Analice vota favorável a aprovação do plano estadual da Educação

17/06/2016

SJSP emite nota de repúdio aos ataques de Ney Santos à Sandra Pereira

16/06/2016

Vereadores de Embu criticam reportagem sobre maternidade e Ney ataca jornalista

24/06/2016

Escola de Música de Embu realizará apresentações de fim de semestre

24/06/2016

Itapecerica realiza cadastro emergencial para vagas em educação especial e libra

As matérias são responsabilidade do Jornal na Net, exceto, textos que expressem opiniões pessoais, assinados, que não refletem, necessariamente, a opinião do site. Cópias são autorizadas, desde que a fonte seja citada e o conteúdo não seja modificado.