/

Você está aqui: Página Inicial » Notícias » Cotidiano

Comércios do São Judas sofrem onda de assaltos

Por Sandra Pereira | 26/09/2011

conseg

Sandra PereiraConseg Pirajuçara tratou do crescimento dos assaltos a comércios na região do São Judas

Depois de trabalhar o dia inteiro, quase no horário de fechamento dos seus estabelecimentos, os comerciantes do Jardim São Judas, em Taboão da Serra, são vítimas de assaltos. O problema se repete quase semanalmente, e, segundo as vítimas é motivado principalmente pela falta de policiamento na região, que é uma das mais populosas da cidade. Vários deles estão se armando para vencer os assaltos constantes, que na sua maioria são praticados por adolescentes e jovens moradores da região. O problema veio à tona na reunião mensal do Conseg Pirajuçara, nesta segunda-feira, 26.

Os moradores e comerciantes presentes relataram vários casos de assaltos no horário de fechamento dos seus comércios. Os prejuízos, segundo eles, são inestimáveis. Diante da gravidade da situação, vários deles chegaram a defender medidas mais extremas contra os infratores. O que já foram vítimas dos assaltos não escondem a indignação e alguns se preparam para reagir. Outro assunto que preocupa a comunidade é o avanço do consumo de drogas na região, além dos assaltos nas portas da escolas.

“Nós queremos polícia e as viaturas passando na rua. Se eles virem a polícia não vão mais assaltar a gente e vão ficar com medo”, acredita uma comerciante do São Judas. “Tenho uma barra de ferro e uma faca preparada. Não vou mais deixar levarem meu dinheiro. Se for me roubar eu derrubo”, emendou outro proprietário de comércio no bairro. “Em menos de um mês fui assaltado duas vezes”, relatou outro.

A revolta dos comerciantes cresce proporcionalmente aos casos de violência no bairro. Os casos relatados no Conseg foram muitos e variados, mas todos tinham em comum o prejuízo para os pequenos comerciantes do bairro. Eles acreditam que a solução para conter o avanço da criminalidade seria a implantação de uma base comunitária da Polícia Militar e planejam se mobilizar pedindo a sua implantação. Para isso vão fazer um abaixo assinado que será enviado às autoridades competentes.

Os problemas na segurança do bairro interferem diretamente na vida dos comerciantes. Há relatos de estabelecimentos que encontram dificuldade para contratar funcionários em razão dos assaltos constantes, como é o caso da Lelly Farma, onde os funcionários temem o horário de fechamento.

Os comerciantes não pouparam críticas a atuação da polícia, do prefeito e dos vereadores no combate à violência. A região tem a maior demanda, é populosa, mais não conta com um distrito policial.

De acordo com o capitão Jayro Léo a região do São Judas concentra a maior demanda de chamados pelo 190. Ao todo são mais de 90 ocorrências ao dia atendidas pela 2ª Companhia de Polícia Militar da cidade. Ele relatou que 90% dos atendimentos no bairro referem-se aos chamados casos de desinteligência onde se enquadram brigas de vizinhos e familiares, por exemplo. Entretanto, salientou que esses casos precisam ser atendidos para evitar que evoluam para ocorrências mais graves, como homicídio.

Depois de ouvir as reclamações dos moradores e comerciantes sobre a falta de policiamento no São Judas o capitão garantiu que até a próxima reunião mensal o policiamento no bairro será reforçado. Ele admitiu que quando assumiu a companhia ela estava sucateada. 

“A gente tinha três viaturas que não dava uma. Agora temos 10. Nosso efetivo está 90% na rua e trabalhando sob intensa fiscalização. Nosso principal problema é a ocupação das viaturas no atendimento as ocorrências. Essa região tem muitos casos de localização de veículos roubados, ocorrência que prende a viatura por até sete horas”, afirmou, acrescentando que o relato dos moradores e comerciantes é importante para ajudar no planejamento das ações de combate ao crime no bairro.

 O presidente do Conseg Pirajuçara, Douglas Bochete, propôs que na próxima reunião mensal, quando o Conseg vai celebrar dois anos de atividade os comerciantes levem outros visando aumentar a mobilização em favor da segurança do bairro.

Ausência da Polícia Civil e da GCM


A reunião mensal do Conseg Pirajuçara aconteceu na Paróquia de Santa Margarida Abacoque, com a ausência da Polícia Civil e da Guarda Civil Municipal. A reunião estava marcada para acontecer na Escola Municipal Darcy Ribeiro, entretanto, de acordo com o vereador José Aparecido Alves, o Cido, o secretário de Governo, Marco Porta, não autorizou a reunião na escola. A recusa do secretário levantou críticas entre os presentes. 

Como integrante da Comissão de Segurança da Câmara Cido disse que solicitou ao IBGE a atualização dos dados estatísticos de Taboão da Serra a fim de assegurar que as ações de combate ao crime na cidade sejam elaboradas com base em dados reais. “Sou comerciante da região e também espero melhorias na segurança”, pontuou.


cardosa

o cido esta fazendo o que ? trabalhando;os demais deverinham fazer o mesmo mostrando para que veio

inspetor ribamar

congratulo-me com o conseg pirajuçara,e com os comerciantes,o vale do pirajuçara com certeza vem sofrendo um grande ataque da marginalidade,pelo seu crecimento,nos ultimos anos vimos nossa cidade agigantar-se em todas as areas populacional,comercial,empresarial,etc enquanto as politicas publicas de segurança nao acompanharam agora com estes resultados estamos reaparelhando os equipamentos atravez das reunioes da ggim e em breve com serteza havera uma melhora em todo o municipio.

Resposta:

Silas Santana

Como Comandante da GCM quero esclarecer que não recebi convite para participar da reunião, pois, mesmo que impossibilitado, enviaria um Inspetor para participar do evento. Ao Amigo Bochete e integrantes do CONSEG nossa solidariedade e colaboração. Silas Santana - Cmt da GCM

Otávio

O destaque do vereador cido ainda irá imcomodar muito este prefeito e seus secretários, é isso aí vereador não se ajoelhe diante deste governo que desvia dinheiro da merenda das criancinhas...

João Paulo

quem é Marcos porta? onde vive o Marcos porta? com certeza não vive no São Judas, pois nós que vivenciamos a violência no dia a dia inclusive nas escolas e sabemos da importância de uma reunião deste porte... Parabéns vereador CIDO pelo visto só você está do lado do povo, vereador cido não acovarde estamos com você também....

Pricila

Sou moradora do Jd. São Judas e ao longo da vida fomos masacrados pela violência na região, espero que mais reuniões aconteçam aqui na comunidade e que a onda de assaltos acabem, fui convidada pelo Vereador Cido para participar da discurção, e acredito que este seja o caminho.

Cristiane

Ana Paula, concordo com vc em gênero, número e grau, as escolas são públicas... e outro dado importante, o Conseg do Pirajuçara não tem fins políticos, ele está a serviço da comunidade. O Conseg é o único órgão ligado a Secretaria de Segurança Pública do Estado de São Paulo, que tem reconhecimento independente de quem está no seu comando. Sua atitude Sr. Marco Porta foi indigna para com a população, que com certeza poderá lembrar disso no dia da votação. Lembre-se disso.

Resposta:

ana paula

marco porta vc caiu do nada na cidade se achando o salvador da pátria e agora ta com ciuminho porque o cido votou contra do prefeito? a populaçao não tem nada a ver com isso!!! a escola é pública, é do povo da cidade e vc mal é daqui.

21/11/2014

Adoção de cães e gatos continua nesse sábado na Praça Nicola Vivilechio

21/11/2014

Plano Municipal de Redução de Riscos é apresentado na Audiência no Valo Velho

21/11/2014

Cartório de Imóveis de Taboão conquista certificado nacional de excelência

20/11/2014

Estruturas de natal traz movimentação intensa no centro de Taboão da Serra

19/11/2014

Melhor Idade recebe atrações do “Mês da Consciência Negra” em Itapecerica

19/11/2014

Veja o que abre e fecha na região no Dia da Consciência Negra

17/11/2014

Dia da Consciência Negra é celebrado com programação especial em Taboão

17/11/2014

Hackers invadem o site da Prefeitura de Taboão e exibem vídeo Free Syrian

17/11/2014

GCM de Taboão flagra descarte de entulho e multa infrator em R$ 4,7 mil

17/11/2014

Presépio do Santuário Santa Terezinha já está aberto à visitação no Taboão

22/11/2014

Motoqueiro morre após colisão frontal durante perseguição em Taboão

21/11/2014

Adoção de cães e gatos continua nesse sábado na Praça Nicola Vivilechio

21/11/2014

Plano Municipal de Redução de Riscos é apresentado na Audiência no Valo Velho

As matérias são responsabilidade do Jornal na Net, exceto, textos que expressem opiniões pessoais, assinados, que não refletem, necessariamente, a opinião do site. Cópias são autorizadas, desde que a fonte seja citada e o conteúdo não seja modificado.