Você está aqui: Página Inicial » Notícias » Meio Ambiente

Embu e Itapecerica devem receber R$ 34 milhões como contrapartida pela obra do Rodoanel

Por Sandra Pereira | 30/10/2009

8.jpg

Próximo ao canteiro de obras em Itapecerica natureza agoniza 


Embu das Artes e Itapecerica da Serra têm para receber juntas do governo do Estado a expressiva soma de R$ 36 milhões para serem investidos como contrapartida pela construção do trecho sul do Rodoanel Mário Covas. O projeto prevê que seja destinado a Itapecerica R$ 24 milhões e ao Embu R$ 14 milhões. Até o momento não há uma previsão de quando as cidades vão receber os repasses, mas o que se sabe é que antes do término das obras a primeira parte dos recursos deve ser repassada.


Itapecerica leva uma quantia maior porque o impacto ambiental na cidade está sendo devastador. A natureza está pagando um preço alto pela obra na cidade. Na região do Branca Flor a devastação ambiental é visível até para os mais leigos no tema.
“Na próxima semana estamos indo cobrar da Dersa as compensações”, sustenta o prefeito Jorge Costa.


Ele criticou a forma de administração do Parque da Várzea proposta pelo governo do Estado. Jorge Costa avaliou que o custo de manutenção do parque é muito elevado para os municípios bancarem sozinhos. “A manutenção vai custar em torno de R$ 300 mil mensais. É muito alto. Essa forma de construir o parque para a gente bancar a manutenção está errada”, ponderou.


Quem também está acompanhado de perto toda essa discussão é o prefeito Chico Brito. Ele também teme que o Rodoanel seja concluído sem que as obras mitigatórias também sejam. “Vamos cobrar a Dersa até que essas obras sejam concluídas. As cidades estão sofrendo muito com o impacto da obra é preciso que haja uma compensação”, avalia.


Com freqüência a população reclama que  diversas áreas de várzeas estão sendo aterradas tanto na região do rodoanel, como em outros locais. A maioria de  difícil recuperação em função da distância da obra, provocados por descartes de terra e entulhos retirados do local.


Itapecerica e Embu tem quase 100% do seu território em área de proteção de mananciais. As cidades estão amargando um impacto nunca visto por causa da obra. Os problemas de infraestrutura são grandes, porém, tornam-se pequenos quando comparados ao impacto ambiental. Quem visita as imediações do canteiro de obras tem uma pequena noção do que acontece no local: desmatamento, assoreamento de rios e córregos, destruição de mata, morte de animais ameaçados de extinção estão entre os principais problemas.


De acordo com o governo do Estado, para a implantação do Trecho Sul foi adotado um dos projetos mais avançados do mundo em termos de preservação do meio ambiente. São 26 programas ambientais, voltados para a preservação da flora, da fauna e do patrimônio arqueológico, histórico e cultural, de apoio à proteção e recuperação de mananciais, de monitoramento da qualidade da água, do ar e de ruídos e de atendimento a emergências ambientais durante a construção. Também serão criadas unidades de preservação e parques ao longo do traçado.

07/07/2018

Objetivos para o Desenvolvimento Sustentável serão trabalhados em evento no Embu

No próximo domingo, 08, acontece a terceira etapa do evento Domingo Ecológico do parque Espaço...

27/06/2018

Itapecerica terá audiência pública sobre expansão de pedreira nesta quinta 28

Movimento ambiental Preservar de Itapecerica da Serra convida toda a população para participar...

23/06/2018

Água será tema de domingo ecológico em parque de diversões

Celebrar o meio ambiente, promover educação ambiental, colaborar para que haja maior convívio...

05/06/2018

Dia Mundial do Meio Ambiente: Óleo de cozinha usado é transformado em sabão

A alternativa sustentável de transformar óleo comestível residual em sabão ecológico é uma das...

02/06/2018

Criação de abelhas sem ferrão é tema de palestra em Embu das Artes

Com o intuito de estimular a criação de abelhas nativas brasileiras sem ferrão, bem como...

28/05/2018

Embu das Artes promove mesa redonda sobre Profissões Ambientais no 1º Simpósio

No dia 05 de junho, em comemoração ao Dia Mundial do Meio Ambiente (05/06) será realizado o 1º...

18/05/2018

Embu das Artes terá o Primeiro Simpósio de Economia Verde

Em homenagem ao dia nacional do meio ambiente, comemorado em 05 de junho, a cidade de Embu das...

13/05/2018

Astral faz dedetização e controle de pragas em Taboão, Embu, Itapecerica e SP

Quem mora ou trabalha em Taboão da Serra, Embu das Artes, Itapecerica e Zona Oeste de São Paulo...

07/05/2018

Moradores do Embu Mirim revitalizam espaço degradado pelo lixo

Moradores do Embu Mirim se uniram e juntos conseguiram revitalizar um espaço antes degradado...

05/05/2018

Itapecerica da Serra ganha manifesto para a preservação ambiental

22/07/2018

Associação Músicos do Futuro está com inscrições abertas para novos alunos

A Associação Músicos do Futuro, entidade sem fins lucrativos sediada em Taboão da Serra, abriu...

21/07/2018

Justiça federal proíbe bloqueio na Régis Bittencourt após protestos

A Justiça federal proibiu o bloqueio total do km 280 da rodovia Régis Bittencourt, na altura de...

20/07/2018

Projeto social de Jiu-Jitsu em Embu dá frutos e alunos conquistam medalhas

Guerreiros de Gideão é um projeto social que ensina a arte do Jiu-Jitsu para crianças carentes...

As matérias são responsabilidade do Jornal na Net, exceto, textos que expressem opiniões pessoais, assinados, que não refletem, necessariamente, a opinião do site. Cópias são autorizadas, desde que a fonte seja citada e o conteúdo não seja modificado.