Você está aqui: Página Inicial » Notícias » Política

Em nova audiência, Câmara Municipal discutiu questão do IPTU no Saint Moritz

Por Assessoria de Imprensa da Câmara de Taboão | 11/03/2018

Saint_Moritz

Leandro Barreira Vereadores de duas comissões participaram da audiência que reuniu grande número de moradores

As comissões permanentes de Serviços Públicos / Atividades Privadas e a de Finanças e Orçamento realizaram uma nova audiência pública em conjunto na segunda-feira, dia 5. Os vereadores debateram sobre o IPTU no Jd. Saint Moritz, que em algumas casas apresentou um valor mais elevado do que no ano passado. 

O secretário da Fazenda, Adelço Buhrer, participou da audiência e mais uma vez explicou que os casos que apresentaram um valor superior ao do ano passado são porque as construções tiveram um aumento de metragem, gerando um IPTU mais alto. “Vários fatores são utilizados no cálculo do imposto, quantos metros possui a residência é um deles, se a casa aumenta, o valor tem que ser reajustado”, disse.

O secretário também explicou que em Taboão da Serra não houve aumento de IPTU, apenas uma correção de 2,75% referente a inflação acumulada no período. Sobre a reivindicação dos moradores que pediram a redução do imposto, Adelço explicou que o município não pode abrir mão de receita, o que configuraria crime de responsabilidade fiscal.

Os vereadores fizeram diversos questionamentos sobre o cálculo do IPTU. Segundo André Egydio, presidente da Comissão de Serviços Públicos, se algum caso apresentar erro de medição, é possível que o morador peça uma revisão. “Temos que analisar essa situação caso a caso, alguns moradores reclamam que ninguém foi medir os imóveis, então é possível que existam algumas incorreções”.

Para o vereador Ronaldo Onishi, presidente da Comissão de Finanças, a audiência foi positiva. “Tivemos avanços, pudemos entender melhor a situação como um todo e agora vamos conversar com o governo para tentar encontrar uma solução para esse impasse”.

Os moradores utilizaram da tribuna para expor suas dúvidas e reclamações. A principal reclamação feita foi em relação a grande diferença entre o IPTU pago no ano passado e pago nesse ano.

Durante a audiência pública, uma comissão de moradores foi recebida pelo prefeito Fernando Fernandes. Ele recebeu as reivindicações e disse que irá discutir junto com os vereadores uma série de ações que apresente uma solução para o caso.

19/10/2018

Joice Silva acusa agressão de Anderson Nóbrega, que diz estar sendo perseguido

O irmão do vereador Eduardo Nóbrega, atual secretário de Esportes de Embu das Artes, Anderson...

17/10/2018

Após protesto, Prefeitura de Embu diz que pagará bolsa-aluguel atrasado

Cerca de 200 manifestantes do moviemento MTST de Embu das Artes realizaram na manhã de...

17/10/2018

Dr. Robson Neves assume Secretaria de Planejamento em Taboão da Serra

O advogado e professor universitário, Dr. Robson Neves, é o mais novo secretário de Planejamento...

16/10/2018

Eduardo Nóbrega é cobrado por vereadores após episódios de agressão em Taboão

O desdobramento das ações protagonizadas pelo vereador Eduardo Nóbrega mancharam a sessão desta...

15/10/2018

André Ribas vai ser Secretário Adjunto de Cultura em Taboão da Serra

O professor André Ribas vai assumir a Secretaria Adjunta da Cultura em Taboão da Serra, onde...

11/10/2018

Aprígio comemora vitória e diz que trará melhorias para Taboão

O recém-eleito deputado estadual, José Aprígio, do Podemos, disse em entrevista coletiva nesta...

10/10/2018

Após derrota de aliados, Ney retorna à Prefeitura depois de pedir afastamento

O prefeito da cidade de Embu das Artes, Ney Santos, que estava afastado do cargo há mais de 30...

08/10/2018

Vereador Cido realiza Semana de Combate a Pedofilia em Taboão da Serra

A Semana de Combate a Pedofilia foi realizada pelo terceiro ano consecutivo vez em Taboão da...

ingle

As matérias são responsabilidade do Jornal na Net, exceto, textos que expressem opiniões pessoais, assinados, que não refletem, necessariamente, a opinião do site. Cópias são autorizadas, desde que a fonte seja citada e o conteúdo não seja modificado.