Você está aqui: Página Inicial » Notícias » Polícia

Polícia Federal investiga fraudes em 14 concursos públicos

Por Outro autor | 19/09/2017

carlos_chadas

Divulgação A Polícia Federal solicitou à Fundação Carlos Chagas informações acerca de outros certames que os indivíduos responsáveis por desviar as provas haviam se inscrito   

A Polícia Federal descobriu fraudes em 14 concursos públicos nacionais aplicados pela Fundação Carlos Chagas. Segundo a Operação Afronta II, que encontrou as irregularidades, 47 candidatos se beneficiaram de escutas eletrônicas no momento de realizar as provas. De acordo com a PF, alguns desse candidatos já foram habilitados e empossados nos cargos para os quais concorreram.

Na última segunda-feira (18), a PF cumpriu dois mandados de prisão temporária, quatro mandados de condução coercitiva e dez mandados de busca e apreensão expedidos pela Justiça Federal em São Paulo, nas cidades de Campinas (SP) e Maceió. Os demais candidatos foram intimados para prestar esclarecimentos.

Em outubro do ano passado, a PF deflagrou a primeira etapa da operação, em Sorocaba (SP), para apurar uma fraude no concurso público do Tribunal Regional Federal da 3ª Região para os cargos de técnico e analista judiciário.

Na ocasião, foram indiciados nove membros da organização criminosa: o líder do grupo, o técnico responsável pelos equipamentos eletrônicos, quatro pessoas que desviavam as provas, e três que corrigiam as questões desviadas. Foram indiciados ainda doze candidatos que receberam as questões por meio de equipamentos de ponto eletrônico, e duas pessoas que também tiveram participação na fraude, embora não fossem membros da organização.

A Polícia Federal solicitou à Fundação Carlos Chagas informações acerca de outros certames que os indivíduos responsáveis por desviar as provas haviam se inscrito. Pediu ainda que a fundação fornecesse os gabaritos de respostas de todos os candidatos destes concursos suspeitos.

Os gabaritos foram então encaminhados à perícia, que constatou que a fraude havia sido consumada em 14 certames e que 47 candidatos haviam participado do crime. O sistema também encontrou indícios de cópia de respostas entre candidatos, comumente conhecida como “cola”, em outros 24 certames.

Os candidatos serão indiciados pelo crime de fraudes em certames de interesse público, cuja pena varia de um a quatro anos de reclusão, e pelo crime de
associação criminosa, cuja pena varia de um a três anos de reclusão.

A Fundação Carlos Chagas foi procurada pela reportagem, mas ainda não se manifestou.

18/07/2018

Garra prende homem em flagrante e recupera carga avaliada em R$ 675 mil

Policiais do Garra prenderam em flagrante na noite desta segunda-feira 17, em Itapecerica da...

15/07/2018

PM prende suspeito de roubo e recupera carro roubado em Taboão

Um homem foi preso por policiais do 36º BPM na noite da última sexta-feira 13, após roubar um...

13/07/2018

Em ação conjunta policiais da DISE e Garra apreendem mais de 6,4 kg de drogas

Policiais da Dise com o apoio do Garra realizaram na manhã desta quinta-feira 12, cinco mandatos...

13/07/2018

Mulher acusada de praticar golpe do ‘boa noite cinderela’ é presa em Itapecerica

Vanuzia Alves Santos, foi presa na última quarta-feira 11, suspeita de matar um gerente de banco...

12/07/2018

Polícia prende homens que praticavam nova espécie de assalto em Taboão

Policiais da equipe de moto do 36º da BPM da 4º Cia os Soldados Isaque e Helder, prenderam em...

12/07/2018

Jornalista é brutalmente agredido no Rodeio de Itapecerica da Serra

O primeiro final de semana do rodeio de Itapecerica terminou com uma agressão brutal e covarde...

12/07/2018

Mulher que furtava lojas com os filhos é presa em Itapecerica

A Polícia Civil de Itapecerica da Serra prendeu nesta quarta-feira 11, uma mulher suspeitar de...

11/07/2018

Morador de Taboão era membro de quadrilha que tentou assaltar AME de Santos

Um morador de Taboão da Serra foi pego em flagrante, atuando numa quadrilha  que  invadiu o...

10/07/2018

Homem tentou sequestrar criança, mas foi detido e espancado por populares

Um homem acusado de tentar sequestrar uma criança no Parque Marabá, em Taboão da Serra, acabou...

09/07/2018

Patrulha Guardiã Maria da Penha já está operando em Taboão da Serra

Fruto de uma parceria entre a Prefeitura de Taboão da Serra e o Ministério Público, a Patrulha...

20/07/2018

Projeto social de Jiu-Jitsu em Embu dá frutos e alunos conquistam medalhas

Guerreiros de Gideão é um projeto social que ensina a arte do Jiu-Jitsu para crianças carentes...

19/07/2018

TC encontra irregularidades no armazenamento de medicamentos em Itapecerica

Foi divulgado nesta quarta-feira 18, pelo Tribunal de Contas do Estado (TCE) um relatório onde...

19/07/2018

Convenções para escolha dos candidatos a presidente começam amanhã

Ainda com o cenário das coligações indefinido, os partidos políticos iniciam nesta sexta-feira...

As matérias são responsabilidade do Jornal na Net, exceto, textos que expressem opiniões pessoais, assinados, que não refletem, necessariamente, a opinião do site. Cópias são autorizadas, desde que a fonte seja citada e o conteúdo não seja modificado.