Você está aqui: Página Inicial » Notícias » Política

Vereadores de Embu defendem Taxa do Lixo e manifestantes esvaziam Câmara após sessão tensa

Por Sandra Pereira | 10/08/2017

Embu

Sandra Pereira Manifestantes prometeram novos atos contra a implantação da Taxa do Lixo 

Num embate nunca visto anteriormente na história recente de Embu das Artes o governo municipal levou a melhor e emplacou 1x0 contra a manifestação contrária à implantação da taxa do lixo, durante a sessão desta quarta-feira, 9, na Câmara Municipal. Livres nomeados e apoiadores do governo, amparados pela Guarda Civil Municipal lotaram o plenário da Câmara, que ganhou ares de final de campeonato com clima bélico. Os aliados do governo se posicionaram no lado direito do plenário levando faixas com os dizeres: Eu confio no Governo, Fila Zero, Programa Mais Asfalto, Nide e Cartão Cidadão Embuense. Já os contrários ocuparam a parte de trás do plenário e a frente da Câmara. Um dos pontos marcantes foi o uso de spray de pimenta no meio da manifestação.

O clima durante a maior parte da sessão foi tenso. Os vereadores foram xingados de lixo, covardes, vendidos e traidores, entre outros adjetivos nada elogiosos. Os parlamentares de Embu reagiram fazendo defesa ampla e pública da Taxa do Lixo e do governo de Ney Santos. Apenas a vereadora Rosângela Santos, (PT), se manteve contrária a cobrança e quase não conseguia ser ouvida, engolida pelas manifestações dos apoiadores do governo municipal.

Todo o alto escalão do prefeito Ney Santos marcou presença na Câmara e junto com os vereadores saíram numa defesa firme da taxa do lixo, fazendo enfrentamento direto contra os que se apresentaram contrários à cobrança. Em vários momentos da sessão houve embate. A GCM foi acusada por manifestantes de agir com truculência e de forma violenta. Os governistas disseram que a corporação apenas respondeu às provocações dos manifestantes, que eles acusam serem integrantes de partidos e não representantes do povo. A ação da GCM foi elogiada pelos partidários do governo.

Prontos pra guerra contra os manifestantes que se rebelam contra a Taxa do lixo, os vereadores cravaram em suas falas que apoiam a cobrança, pois sem ela a cidade pode entrar em colapso e ter que suspender serviços essenciais até mesmo na área da saúde.

“O princípio da democracia é o respeito. O que vemos hoje na cidade são oportunistas que só querem criticar e não tem a coragem de fazer. Eu e os outros vereadores somos contra a Taxa do Lixo, mas diante da situação de calamidade temos que agir para não ser um novo Rio de Janeiro. Por isso, parabenizo a coragem e a capacidade de gestão do nosso prefeito Ney Santos. Nosso governo não é populista. É um governo que tem compromisso com o futuro da cidade”, frisou o presidente Hugo Prado.

Hugo Prado avaliou que a sessão foi histórica e apesar do tumulto os vereadores puderam expressar suas opiniões e a sessão foi conduzida com tranquilidade. Ele citou os dois requerimentos apresentados pelos vereadores, o primeiro pedindo detalhamento do contrato da Enob, empresa que faz a coleta de lixo, e o segundo fazendo discussão sobre o valor da taxa. Pelas palavras do presidente poderá haverá mudança no valor da Taxa do Lixo a fim de evitar injustiças.

“O código tributário diz que a cobrança tem que ser igual para todos. Vamos tentar garantir que quem tem imóvel menor pague menos”, declarou.

Governo vai fazer enfrentamento de críticas à Taxa do Lixo

O secretário de Comunicação Jones Donizete acompanhou toda a sessão e centrou fogo contra a participação de políticos no ato. Ele afirmou que toda a cidade é contra a Taxa do Lixo, mas é crescente o número de pessoas, lideranças e partidos políticos que entendem as razões da implantação do novo imposto. Citou que na última semana a prefeitura chegou a ter apenas R$ 17 mil em caixa e disse que a Taxa do Lixo não pode ser discutida apenas levando em conta a coleta, mas todos os serviços essenciais realizados pela prefeitura, inclusive o atendimento de saúde. Jones Donizete chegou a afirmar que se houver mortes em decorrência de falta de atendimento provocada pelo agravamento da crise financeira todos os que estão incentivando o boicote a Taxa serão os responsáveis.

“O enfrentamento que houve dois lados mostra que não vamos baixar a guardar e aceitar que façam desse momento de dificuldade um palanque político. Político a gente conversa como político e povo como povo. O governo não vai aceitar que tentem se beneficiar dessa crise. A discussão da Taxa do Lixo é pra falar de todos os serviços da cidade, a saúde, a educação, a segurança. Tudo pode parar, como está acontecendo no Rio de Janeiro”, advertiu.

Jones Donizete preside o PRP que foi o primeiro partido da cidade a emitir nota oficial aprovando a implantação da Taxa do Lixo. Depois do PRP o Democratas também se posicionou em favor da cobrança com o mesmo argumento de que a crise financeira exige a medida impopular. Ele disse esperar que os outros partidos da base também façam o mesmo para conscientizar a população sobre a necessidade do imposto.

O secretário de Comunicação relatou que a prefeitura do município funcionava no “automático” sem dados cadastrais dos contribuintes e com a planta genérica usada para promover o cálculo do IPTU desatualizada. No caminho da modernização o governo de Ney Santos pretende corrigir essa falha criando um banco de dados preciso dos moradores e domicílios da cidade, atualizando as áreas construídas e fazendo a cobrança do IPTU com base nesses dados coletados.

“Se a prefeitura tivesse feito a atualização da planta genérica lá atrás como deveria pode ser que a gente não precisasse cobrar essa taxa do lixo. Você tem gente que tinha uma casa no terreno hoje tem cinco e contínua pagando o mesmo IPTU de uma casa só. Nós estamos corrigindo isso. O prefeito diz sempre que foi muito injustiçado e por isso não gosta de injustiça. Ele quer fazer justiça social. Quem tem mais vai pagar mais. Nós estamos organizando a cidade. Podemos sair daqui odiados, como as pessoas que fizeram essas coisas, mas nós vamos deixar um legado e dizer que a cidade organizada para o futuro. O nosso próximo passo é mudar os indicadores da cidade”, afirmou o secretário, acrescentando que as equipes da prefeitura já estão trabalhando para atualizar a planta genérica e fazer as correções devidas.

Jones Donizete avaliou que a vereadora Rosângela Santos está tentando tirar proveito do movimento.

“Não estamos brincando se amanhã tiver mortes na saúde as pessoas que estão incentivando esse movimento vão ser responsáveis”, finalizou.

 

17/10/2018

Após protesto, Prefeitura de Embu diz que pagará bolsa-aluguel atrasado

Cerca de 200 manifestantes do moviemento MTST de Embu das Artes realizaram na manhã de...

17/10/2018

Dr. Robson Neves assume Secretaria de Planejamento em Taboão da Serra

O advogado e professor universitário, Dr. Robson Neves, é o mais novo secretário de Planejamento...

16/10/2018

Eduardo Nóbrega é cobrado por vereadores após episódios de agressão em Taboão

O desdobramento das ações protagonizadas pelo vereador Eduardo Nóbrega mancharam a sessão desta...

15/10/2018

André Ribas vai ser Secretário Adjunto de Cultura em Taboão da Serra

O professor André Ribas vai assumir a Secretaria Adjunta da Cultura em Taboão da Serra, onde...

11/10/2018

Aprígio comemora vitória e diz que trará melhorias para Taboão

O recém-eleito deputado estadual, José Aprígio, do Podemos, disse em entrevista coletiva nesta...

10/10/2018

Após derrota de aliados, Ney retorna à Prefeitura depois de pedir afastamento

O prefeito da cidade de Embu das Artes, Ney Santos, que estava afastado do cargo há mais de 30...

08/10/2018

Vereador Cido realiza Semana de Combate a Pedofilia em Taboão da Serra

A Semana de Combate a Pedofilia foi realizada pelo terceiro ano consecutivo vez em Taboão da...

07/10/2018

Eleitores de Embu das Artes enfrentam problemas com biometria

18/10/2018

Analice anuncia que Estação São Paulo - Morumbi deve ser inaugurada em outubro

A estação São Paulo - Morumbi, da Linha 4 Amarela do Metrô, já está em fase final de suas obras...

18/10/2018

Associação Músicos do Futuro recebe o trio Expresso Jazz nesta quinta, 18

A Associação Músicos do Futuro em parceria com a Prefeitura de Taboão da Serra, por meio da...

18/10/2018

Guri Santa Marcelina abre inscrições em Embu para cursos gratuitos de música

Estão abertas as inscrições para o Programa Guri Santa Marcelina, polo Embu das Artes, que...

ingle

As matérias são responsabilidade do Jornal na Net, exceto, textos que expressem opiniões pessoais, assinados, que não refletem, necessariamente, a opinião do site. Cópias são autorizadas, desde que a fonte seja citada e o conteúdo não seja modificado.