Você está aqui: Página Inicial » Notícias » Política

Vereadores de Taboão debatem projeto que regulamenta contribuição de servidores municipais

Por Assessoria de Imprensa da Câmara de Taboão | 2/06/2015

servidores

Eduardo Toledo / Divulgação Reunião aconteceu na Câmara Municipal e reuniu representantes do Legislativo, TaboãoPrev e prefeitura

Na tarde desta segunda-feira, dia 1º de junho, uma comissão de vereadores de Taboão da Serra recebeu representantes da TaboãoPrev e da secretaria de Gestão de Pessoas, para debater o projeto enviado na semana passada pelo Executivo que adéqua a legislação municipal a Lei Federal 12.688/2012.

O presidente da Câmara, José Aparecido Alves, o Cido, e a vereadora Joice Silva, pediram  vistas do projeto, a fim de entender melhor a proposta enviada pelo executivo. Por essa razão o presidente juntamente com a vereadora Joice convidaram integrantes da Taboãoprev e da Secretaria de Gestão de Pessoas para discutir a proposta com os vereadores da Casa. Após ampla discussão sobre o tema Cido destacou que o projeto do Executivo readequa uma lei federal de 2012. Além disso, observou que cada servidor público deve procurar o RH da prefeitura, da Câmara ou a Taboãoprev para entender e definir se fará ou não a sua opção de contribuição. 

“Eu havia tido acesso ao projeto mas como não tinha entendimento na Casa achei que a melhor saída era pedir vistas. Depois disso fizemos a reunião por entender que a transparência é o melhor caminho. Não houve em nenhum momento desconfiança em relação ao governo. Houve zelo da nossa parte e vai haver sempre. Dessa forma estamos cumprindo nosso papel. O nosso prefeito Fernando Fernandes sempre age com transparência e essa tem sido uma marca do seu governo, sempre comprometido com a cidade”, afirmou o presidente Cido. 

Os vereadores  discutiram durante a reunião como a lei irá impactar os benefícios dos servidores públicos. A aprovação da lei no município é importante para entrar em simetria com a legislação federal.

Para eles  ficou claro que o servidor poderá optar se deseja contribuir excluindo benefícios como hora extra, insalubridade, periculosidade, adicional noturno, função gratificada, entre outros. Os servidores que desejar continuar contribuindo sobre todas as gratificações, deverá fazer um ofício informando o RH da prefeitura.

Segundo Gilmar Leone, secretário da pasta de Gestão de Pessoas, a prefeitura não tem outra opção, precisa se adequar a lei federal. “O que precisa ficar claro é que o servidor poderá fazer a sua opção [sobre quanto contribuir] na hora que achar melhor, não existe um prazo para essa decisão”.

Na prática quem contribuir em cima de um valor maior, quando se aposentar, receberá um benefício maior e quem optar por contribuir com menos agora, com a média que será feita na hora da aposentadoria, receberá menos. A contribuição também impacta em casos como auxílio doença e licença maternidade, se o servidor excluir as gratificações, ele receberá o seu salário sem esses benefícios.

O presidente da TaboãoPrev, Marcos Baraldi, lembrou que benefícios que são incorporados nos vencimentos, como adicional por tempo de serviço, sexta-parte e outras incorporações não podem, de forma alguma, ficar de fora da contribuição do servidor. “Essas gratificações permanentes fazem parte do salário base”, explicou.

Taboão da Serra tem hoje 4.500 funcionários concursados, cada servidor contribui para a TaboãoPrev, a autarquia responsável pelo fundo de pensão, com 11% dos seus vencimentos e a prefeitura paga outros 19,05% de contribuição patronal. Desse fundo são pagas as aposentadorias, pensões e também o auxílio doença e a licença maternidade.

Participaram da reunião os vereadores Cido, Joice Silva, Marco Porta, Ronaldo Onishi, Luis Lune e Eduardo Lopes. Da prefeitura, o secretário Gilmar Leone e Wanda Batista também estiveram presentes na reunião. A TaboãoPrev esteve representada por Marcos Baraldi, presidente da autarquia, Dra. Eliana Bendini, diretora previdenciária e Daniel Cesar, diretor Administrativo. 


19/10/2018

Joice Silva acusa agressão de Anderson Nóbrega, que diz estar sendo perseguido

O irmão do vereador Eduardo Nóbrega, atual secretário de Esportes de Embu das Artes, Anderson...

17/10/2018

Após protesto, Prefeitura de Embu diz que pagará bolsa-aluguel atrasado

Cerca de 200 manifestantes do moviemento MTST de Embu das Artes realizaram na manhã de...

17/10/2018

Dr. Robson Neves assume Secretaria de Planejamento em Taboão da Serra

O advogado e professor universitário, Dr. Robson Neves, é o mais novo secretário de Planejamento...

16/10/2018

Eduardo Nóbrega é cobrado por vereadores após episódios de agressão em Taboão

O desdobramento das ações protagonizadas pelo vereador Eduardo Nóbrega mancharam a sessão desta...

15/10/2018

André Ribas vai ser Secretário Adjunto de Cultura em Taboão da Serra

O professor André Ribas vai assumir a Secretaria Adjunta da Cultura em Taboão da Serra, onde...

11/10/2018

Aprígio comemora vitória e diz que trará melhorias para Taboão

O recém-eleito deputado estadual, José Aprígio, do Podemos, disse em entrevista coletiva nesta...

10/10/2018

Após derrota de aliados, Ney retorna à Prefeitura depois de pedir afastamento

O prefeito da cidade de Embu das Artes, Ney Santos, que estava afastado do cargo há mais de 30...

08/10/2018

Vereador Cido realiza Semana de Combate a Pedofilia em Taboão da Serra

A Semana de Combate a Pedofilia foi realizada pelo terceiro ano consecutivo vez em Taboão da...

ingle

As matérias são responsabilidade do Jornal na Net, exceto, textos que expressem opiniões pessoais, assinados, que não refletem, necessariamente, a opinião do site. Cópias são autorizadas, desde que a fonte seja citada e o conteúdo não seja modificado.